Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2022

JORNADA "Ensina-nos a orar" - Evento online e gratuito

Nesse mundo turbulento, em meio ao caos, encontrei uma via de oração, um meio de encontrar Deus.  "Buscai o Senhor, já que ele se deixa encontrar; invocai-o, já que está perto." Isaías 55, 6. Prepare-se para se aprofundar na experiência que toda alma deseja: unir-se a Deus! Iniciaremos no dia 7 de março uma jornada que tem como objetivo alcançar o céu. Vamos juntos? Se inscreva agora e participe desse evento online e gratuito! Carregando…

Por que Nossa Senhora de Fátima se preocupava tanto com a Rússia?

Ao investigar as aparições de Fátima em razão de vários compromissos este ano, vi-me confrontado repetidamente pela insistência de Nossa Senhora com a consagração da Rússia. Depois que ela fosse feita, bem como a prática dos cinco primeiros sábados de reparação, Nossa Senhora prometeu que a Rússia se converteria e um período de paz seria dado à humanidade. Do contrário, advertiu a Rainha do Céu, a Rússia "espalhará os seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja". E acrescentou: "Os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas." "Por fim, o meu Imaculado Coração triunfará", ela disse . "O Santo Padre consagrar-me-á a Rússia, que se converterá, e será concedido ao mundo algum tempo de paz." O Papa São João Paulo II, é claro, confiou o mundo ao Imaculado Coração em 1984, mas nós ainda estamos a esperar por esse período de paz. Nunca como no último meio século se viu tanta guerr

Aborto, o “antissacramento”

  Em 1997, em uma livraria, deparei com uma obra que me impactou e deixou horrorizado. Uma teóloga feminista havia escrito um livro no qual argumentava que as duas grandes “cruzes” que as mulheres católicas tinham de carregar eram — você já pode suspeitar — a oposição da Igreja à ordenação de mulheres e ao aborto.  Eu mal podia acreditar que o pecado de blasfêmia pudesse chegar a tal nível , mas aquilo estava ali, diante dos meus olhos, e não era um pesadelo. Não muito tempo depois, alguém me falou de uma mulher no Canadá que se referia ao aborto como algo “sacramental”.  O abuso linguístico não é nada menos que luciferino . Na verdade, não pode haver nada de sagrado ou santificante no pecado, na destruição da vida e na autodestruição, assim como não pode haver nada de belo no demônio depois de sua rebelião. Os sacramentos existem para trazer vida aos homens.  O aborto , por sua vez,  deve ser chamado mais propriamente de o “antissacramento” por excelência , já que priva o ser humano

Catequese com Bento XVI: Entendendo a Cátedra de Pedro

A Cátedra de Pedro, dom de Cristo à sua Igreja Queridos irmãos e irmãs, A Liturgia latina celebra hoje a festa da Cátedra de São Pedro. Trata-se de uma tradição muito antiga, testemunhada em Roma desde o século IV, com a qual se dá graças a Deus pela missão confiada ao Apóstolo Pedro e aos seus sucessores. Literalmente, a "cátedra" é a sede fixa do Bispo, posto na igreja matriz de uma Diocese, que por isso é chamada "catedral", e constitui o símbolo da autoridade do Bispo e, em particular, do seu "magistério", ou seja, do ensinamento evangélico que ele, enquanto sucessor dos Apóstolos, é chamado a conservar e a transmitir à Comunidade cristã. Quando o Bispo toma posse da Igreja particular que lhe foi confiada, ele, com a mitra e o báculo, senta-se na cátedra. Como mestre e pastor, daquela sede ele orientará o caminho dos fiéis, na fé, na esperança e na caridade. Portanto, qual foi a "cátedra" de São Pedro? Escolhido por Cristo como "rocha&qu

Nono Mandamento: Como combater o pecado da Cobiça?

“Não cobiçarás a casa de teu próximo, não desejarás sua mulher, nem seu servo, nem sua serva, nem seu boi, nem seu jumento, nem coisa alguma que pertença a teu próximo” (Ex 20,17) E Jesus disse: “Todo aquele que olhar para uma mulher com desejo libidinoso já cometeu adultério com ela em seu coração” (Mt 5,28). Cristo quer cortar o mal pela raiz porque o pecado nasce no pensamento. São João distingue três espécies de cobiça ou concupiscência: a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida. Conforme a tradição catequética católica, o nono mandamento proíbe a concupiscência carnal; o décimo proíbe a concupiscência dos bens alheios. A pureza do coração nos permitirá ver a Deus e nos permite desde já ver todas as coisas segundo Deus. A purificação do coração exige a oração, a prática da castidade, a pureza da intenção e do olhar. Todo batizado deve lutar contra a concupiscência da carne e as tendências desordenadas das baixas paixões, que são fruto do pecado origi

[TESTEMUNHOS] Os milagres de Nossa Senhora em Anguera-BA

"Estava rezando o terço no local onde acontece a Aparição de Nossa Senhora em Anguera – Bahia, quando tive uma crise de choro muito forte e ouvi no meu coração a ordem de Deus dizendo que eu não iria mais chorar por ser uma mulher estéril e que , ainda naquele ano, eu ficaria grávida." Elisabete Costa – Feira de Santana/BA Compartilhamos com vocês uma breve partilha diante de alguns relatos de milagres e das fortes experiências que muitos sacerdotes e leigos tiveram e tem tido com as Aparições de Nossa Senhora, em Anguera, na Bahia. "Eu fiquei conhecendo as aparições de Anguera através de um livro de mensagens. O que me fez acreditar que Nossa Senhora aparece é a pureza da doutrina transmitida ao Pedro. Não é possível que alguém possa criar mensagens com uma doutrina tão fiel e doutrina de Jesus, transmitida pela igreja católica Apostólica Romana, como estas dadas aqui. Quando nós atendemos as pessoas através da confissão elas dizem as graças e milagres que recebem de No

Amar a Deus em tudo e acima de tudo

  ALMA FIEL. Meu Deus e meu tudo! Que mais quero? Que felicidade maior posso desejar? Oh! palavra suave e deliciosa! Mas apenas para os que amam a Jesus, não ao mundo ou ao que é do mundo.  Meu Deus e meu tudo! Para quem entende, é o bastante; e para quem ama, repeti-la muitas vezes é uma delícia.  Quando estais presente, tudo agrada; quando ausente, tudo enfastia. Vós dais ao coração tranquilidade, doce paz e alegria de festa. Fazeis que, satisfeito de todas as coisas, em todas Vos louve. Sem Vós, coisa alguma pode agradar por muito tempo; só a vossa graça e unção da vossa sabedoria dão encanto e sabor às coisas.  Que coisa não saberá bem àquele que em Vós não acha prazer? Desvanecem-se na sua sabedoria os sábios do mundo e os que não apreciam senão os prazeres da carne; lá, só se encontra um imenso vazio, e, aqui, a morte. Mas os que, para seguir-Vos, desprezam o mundo e mortificam a carne mostram-se verdadeiros sábios, porque se elevam da vaidade à verdade e da carne ao espírito.  E

Cluny e papel da Igreja no mundo político

  “Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus" [1], ensinou Nosso Senhor. A separação entre Igreja e Estado é uma das contribuições mais importantes da religião cristã para a história da humanidade. Mas, como promover uma justa laicidade do Estado, sem cair no perigo do “laicismo"? O que se pode esperar politicamente da Igreja, seja qual for o contexto histórico e geográfico em que o mundo se encontre?   Nos últimos anos, de fato, os Papas têm insistido em que a Igreja tem um papel bem específico para dar à política, qual seja – importa que se diga, desde o começo – o de converter os corações a Cristo. Para mostrar de modo bem concreto como isso acontece, é importante resgatar uma história que se passou na Europa, no século XI, à época do grande Papa São Gregório VII.   Nos anos 1000, a Igreja tinha diante de si a difícil questão das investiduras, em que líderes políticos – senhores feudais, reis e príncipes – tomavam para si o encargo de escolher os cargo

[TESTEMUNHO] A contracepção nos separou da graça de Deus, mas sua Misericórdia nos curou

“Hoje, percebemos que, quando fizemos a ligadura de trompas, tiramos de nossa família muitas graças de Deus, além de sua orientação e proteção. Estávamos cegos…  A consequência foi grave, mas Deus nos curou.” Nota do editor: L. J. e Joan Helferty acreditavam que tinham os melhores motivos para usar a contracepção em seu matrimônio católico. Mas então tudo começou a desmoronar. A história deles, publicada com exclusividade por LifeSiteNews, é um dos melhores testemunhos sobre a cegueira espiritual causada pelo pecado da contracepção e sobre a misericórdia de Deus que acompanha o verdadeiro arrependimento. Domingo, 10 de dezembro de 2000. Cerca de 7h da manhã. Uma manhã de domingo fria e nublada. Fui o primeiro a acordar e a me levantar da cama. Era algo normal. Antes de chamar todos, eu costumava alimentar a fornalha e esquentar a sede da fazenda. A Missa começava às 9 da manhã. Havia tempo suficiente para nos prepararmos. Tínhamos onze filhos, nove em casa e dois mais velhos, que estav

Oitavo Mandamento: Não levantar falso testemunho

Com a graça de Cristo, o cristão pode fazer com que sua vida seja governada pela verdade. “O oitavo mandamento proíbe falsear a verdade nas relações com os outros. As ofensas à verdade exprimem, por palavras ou atos, uma recusa de abraçar a retidão moral” (Catecismo, 2464). 1. Viver na verdade “Todos os homens, de acordo com a sua dignidade, por ser pessoas... veem-se impelidos, pela sua própria natureza, a buscar a verdade, e têm a obrigação moral de fazê-lo, sobretudo com respeito à verdade religiosa. Estão obrigados a aderir à verdade uma vez que a conheceram e a ordenar toda a sua vida segundo as suas exigências”. A inclinação do homem para conhecer a verdade e manifestá-la por meio palavras e de obras foi prejudicada pelo pecado, que feriu a natureza com a ignorância do intelecto e com a malícia da vontade. Como consequência do pecado, diminuiu o amor à verdade e os homens enganam-se uns aos outros, muitas vezes por egoísmo e por interesse próprio. Com a graça de Cristo, o cristão

Conheça a História das Aparições de Nossa Senhora em Anguera - BA

No dia 29 de setembro de 1987, Pedro Régis retornava da aula - preparava-se para o magistério no distrito de Bonfim de Feira, próximo a Angüera. Ao descer do ônibus, na frente da pequena escola próxima a casa, voltou a sentir-se mal. Um amigo, Celestino Silva Santa Cruz, que o acompanhava, correu à procura dos familiares de Pedro, a fim de que o socorressem. Neste momento, sentindo que iria desmaiar, Pedro Régis senta-se no chão sem perceber que estava bem perto de um formigueiro. Aparece-lhe uma jovem – que ele pensou tratar-se de uma freira da vizinhança que morava na Itália – aparentando vinte anos, vestida de branco, com um véu transparente cobrindo-lhe a face. Aproximando-se dele, afirmou: “Vou ajudar-te, vou tirar-te do formigueiro”. Tomando-o com extrema facilidade pelo braço, levantou-o e, segundo seu relato, como ele não sentisse firmeza em suas pernas, conduziu-o até o “hall” de entrada de uma pequena escola próxima uns trezentos metros de sua casa, até hoje existente no loca