Pular para o conteúdo principal

Quem Somos

O que é a Comunidade Encontro?

A Comunidade Encontro é uma associação religiosa católica de fiéis leigos consagrados como tantas outras espalhadas pelo Brasil e pelo mundo, surgidas às luzes do Concílio Vaticano II, uma nova expressão do Espírito de Deus em resposta aos desafios desse tempo, Primavera da Igreja, comumente chamadas de "Novas Fundações", nas quais há a diversidade de estados de vida - mulheres e homens; jovens e adultos; solteiros, celibatários e casados - vivendo conjuntamente, dentro das mesmas estruturas, sendo um só e mesmo carisma. Tem o compromisso de viver a radicalidade evangélica dentro da consagração a Deus, entregando-se à oração e trabalhos em favor da e
vangelização que se traduz numa forte e constante atividade missionária. A Comunidade Encontro foi fundada aos 11 de setembro de 1999 e tem sede principal na Diocese de Cachoeiro de Itapemirim, estado do Espírito Santo, Brasil.




O nome "Encontro"
O filho, farto das misérias do mundo, questiona sua condição, seus valores e sua própria identidade. Arrependido decide voltar para casa, onde o pai o espera ansiosamente. O ENCONTRO do filho pecador com o pai misericordioso, como descreve a parábola de Lucas – “Levantou-se, pois, e foi ter com seu pai. Estava ainda longe, quando seu pai o viu e, movido de compaixão, correu-lhe ao encontro, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou” (Lc 15, 20) – é que dá origem ao nome da comunidade. Este, foi revelado à Clayton, o fundador que, na Comunidade Canção Nova durante um Congresso Latino Americano de Novas comunidades, teve uma experiência ao ler a parábola: lhe saltou aos olhos a palavra “encontro”.

Todos os dias Deus corre ao encontro de muitos filhos e filhas que estão distantes mas desejam voltar ao aconchego de seus braços e do seu amor, e; continua insistindo com aqueles que, já vivendo em Sua casa, sem transgredir suas ordens mas, preocupados somente em servir, não sabem ser filhos, não Lhe conhecem nem experimentam Seu amor.

Carisma Encontro
O carisma da Comunidade Encontro é revelar a face do Pai Misericordioso através do ministério de cura e libertação, dos exercícios espirituais dos santos e do amor a Santa Cruz. Fazendo com que os filhos e filhas do Altíssimo tenham um profundo ENCONTRO com o amor misericordioso pela via da reconciliação do homem com Deus, consigo mesmo e com os outros. Levando a alegria de ser filho de Deus com um espírito jovem e ousado que questiona as coisas dentro de si e ao seu redor. O sustento do carisma da Comunidade Encontro está na PARÁBOLA DO FILHO PRÓDIGO em Lucas 15, 11-32. A chave principal do Carisma Encontro está em “Levar as pessoas ao ENCONTRO de Deus, de si mesmas e dos irmãos.”

Para os membros da COMUNIDADE ENCONTRO esse encontro com DEUS, consigo mesmo e com os outros, acontece em todos os aspectos de nossa vida, seja na oração, no trabalho, na vida fraterna, na arte, no esporte ou no lazer, e em tudo isso expressando a opção única por JESUS: “Nada, absolutamente, prefiram a CRISTO; e que Ele nos conduza todos juntos para a vida eterna.” (São Bento).

Seja adorando a Cruz ou a Jesus Eucarístico, nosso encontro nunca se dá sem a presença de Maria, a quem devotamos especial veneração, sob o título de Nossa Senhora das Graças. A espiritualidade está muito unida aos seus santos baluartes São Bento, São Francisco de Assis, São Padre Pio de Pietrelcina, São João Paulo II, Santa Teresa D'Ávila, Santa Teresa de Calcutá e Santa Teresinha do Menino Jesus dos quais somos chamados a nos espelharmos em alguns traços de suas vidas que revelam fortemente traços de nosso carisma. Na COMUNIDADE existem membros na pertença de vida, de aliança e o terceiro elo (Terceira amizade). Ela também acolhe e incentiva as diversas formas de vida presentes na Igreja.


Como vivemos


Somos sustentados pela Divina Providência
tanto material como espiritual. Desde os
primeiros passos como Comunidade, o Senhor Deus tem nos revestido 
de ensinamentos, espiritualidade, força, ousamos dizer de santidade, pois quanto mais trabalhamos, mais precisamos fazê-lo; quanto mais rezamos, de Deus mais nos aproximamos. “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a constroem. Se o Senhor não guardar a cidade, debalde vigiam as sentinelas.”
(Salmo 126,1)
Todas as despesas dos membros consagrados na pertença de vida, do Centro de Evangelização e das atividades, missões e trabalhos, são supridas através de doações, sócios evangelizadores, e da venda de artigos próprios e/ou de materiais que confeccionamos. 




Existem regras, chamadas de “regras de amor”, as quais fazem com que toda a Comunidade seja mais perseverante na fraternidade, na oração e no trabalho, e são base para a convivência. Durante todo o dia desempenhamos trabalhos de evangelização, organização e manutenção da estrutura do Centro de Evangelização além dos momentos de orações pessoais e comunitárias que vivenciamos na rotina diária, cada dia com sua especificidade. Os finais de semana são reservados, em sua maioria, para missões; retiros internos ou não, momentos de oração, formação e convivência; etc.

As regras, disciplina e o zelo
A exemplo de nossos santos baluartes vivemos uma vida regrada de oração onde dispomos nosso tempo para estar com Deus, seja de modo individual na oração pessoal, seja de modo comunitário, celebrando juntos, fazendo o Ofício das Horas, dentre outras. As regras de vida da Comunidade Encontro são instrumento de orientação nossa, seus membros. E elas são sementes que foram plantadas no coração do fundador, e depois de vividas, foram instituídas para que todos façam o mesmo, são elas armas de santidade, setas que indicam o céu e tornam possível a vivência do céu já aqui na terra. Devem ser cumpridas com dedicação e fidelidade. A observância das regras é caminho certo de santidade. Também buscamos viver a disciplina e o zelo em todos os sentidos, obedecendo aos horários das orações, das refeições e do recolhimento, nos alimentando de forma correta, praticando exercício físicos, cuidando da saúde, não desperdiçando providência de Deus, a atenção no uso das vestimentas para que não seja causa de queda para o irmão; na limpeza dos ambientes, no estudo das formações que nos são passadas, discernindo e selecionando bem todos o tipos de arte e lazer com os quais venhamos a ter contado - como músicas, danças, livros, programas de TV, lugares; exercendo de forma responsável os trabalhos que nos são confiados e dando satisfação de nossos afazeres aos superiores.


Onde moramos
Como há várias formas de vida na comunidade, no que diz respeito a estrutura de moradia, vivemos cada um conforme seu estado de vida. 

As mulheres solteiras, sejam elas, consagradas ou que estão no caminho de formação para consagrar-se, celibatárias ou que namoram, convivem e moram na Casa Feminina; o mesmo acontece com os homens solteiros que vivem na Casa Masculina. É nesse convívio saudável, de irmãos em Cristo e no carisma, com pessoas, muitas vezes, desconhecidas, que é despertado em nós o verdadeiro sentimento de fraternidade e vida comunitária, a doação, a amizade, o amor sincero, o conhecimento do outro, a partilha e libertação do egoísmo, a misericórdia e a compaixão ao ver todos os dias a limitação de nosso irmão, mas acima de tudo a alegria em poder ajudá-lo a vencer e ser, da mesma forma, ajudado por ele.

Os casais que já receberam o sacramento do matrimônio vivem cada qual em sua casa para que seja preservada a intimidade da vida matrimonial, e possam assim crescer como família cristã, sem contudo, deixar de participar ativamente da vida comunitária.

Nossos trabalhos:

Os trabalhos cotidianos e gerais da comunidade são realizados em nosso centro de evangelização, onde, para seu melhor desempenho, são divididos em setores ou equipes, que são:

- Administração: cuida de toda parte financeira e administrativa. Movimentação bancária, pagamento de contas, entrada de doações, cadastro e recebimento de sócios evangelizadores, bem como a atualização dos mesmos, controle de receitas e despesas, também controle de valores de vendas dos produtos de evangelização, enfim, toda ação de característica monetária. 

- Comunicação: criação de artes gráficas e para web, publicidade e propaganda dos eventos e programações semanais, atualização e manutenção do site e redes sociais, edição de vídeos para divulgação da instituição e campanhas e, ainda, de projetos, seleção e criação de textos, informações institucionais ou notícias referentes à Igreja, produção de informativo mensal para sócio evangelizador, filmagem e fotografia de eventos. 

- Formação: elaboração de documentos, produção e seleção de conteúdo formativo para uso interno, em eventos ou meios de comunicação institucional, responsável pelo cuidado dos membros da instituição, formação comunitária e pessoal, de caráter doutrinal, espiritual e humano, cadastro e manutenção da biblioteca, áudios e vídeos referentes a mesma. Este setor também é responsável, enquanto conselho formativo, que é composto por alguns dos membros consagrados, pelo acompanhamento para discernimento vocacional e, ainda, pelas direções espirituais tomadas na instituição. 

- Estrutura: Este setor cuida de toda a parte física e dos elementos que a compõem, contratando e liberando trabalhos de manutenção, conserto e reparação dos espaços de trabalho e evangelização. Pode-se citar, como exemplo, o cuidado com a rede elétrica e hidráulica, gestão de trabalhos e pessoas para o melhor funcionamento estrutural da comunidade. Esse setor é importantíssimo, também, na organização de eventos internos e externos da comunidade. 

Na Casa de Maria, nossa área de eventos, também são realizados vários trabalhos, como os de construção em geral - banheiros, as residências dos membros, a cozinha, Espaço de Evangelização São João Paulo II; também, trabalhos de cuidado com as plantas, limpeza e ornamentação de todo o lugar. 

A  vida fraterna:
Somos chamados a uma vivência profunda da fraternidade. Estar com o irmão, abraçar, beijar, conversar, chorar e sorrir junto, isso tudo nos faz crescer no amor. Sair das nossas misérias, preocupações, egocentrismo e ir ao encontro do outro, a quem vejo todos os dias, me faz viver a santidade e santificá-lo também. Conhecer o gosto do irmão, estar disposto a atendê-lo, preocupar-se com sua saúde física, mental e espiritual, corrigi-lo quando erra, perdoar sempre e acreditar que ele pode mudar, são gestos que brotam da misericórdia. Ser fraterno é pensar sempre antes no outro e dar o melhor para ele, é amá-lo como precisa ser amado e não como ele quer ser amado. 

Os membros de vida da Comunidade Encontro têm tempos específicos separados para a vivência da fraternidade onde também há lazer: esportes, filmes, conversas, jogos, refeições. Nesses momentos enraizamo-nos no carisma e são criados laços fortíssimos de amizade em Deus que nos sustentam em toda a caminhada.


Veja também: 

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO DE COMBATE E TRANSFERÊNCIA DE TODO MAL

Início: Reze: “Chagas abertas coração ferido, o sangue de Cristo está entre nós e o perigo.” (3x). Reze a oração de São Bento: “A Cruz Sagrada seja a minha luz não seja o dragão o meu guia. Retira-te satanás nunca me aconselhes coisas vãs, é mau o que me ofereces, bebe tu mesmo o teu veneno.” Reze a pequena oração de exorcismo de Santo Antônio: “Eis a cruz de Cristo! Fugi forças inimigas! Venceu o Leão da tribo de Judá, A raiz de Davi! Aleluia!” Proclame com fé e autoridade: “O Senhor te confunda satã, confunda-te o Senhor.” (Zacarias 3,2) Reze: Ave Maria cheia de Graça... Oração: Eu (diga seu nome completo), neste momento, coloco-me na presença de meu Senhor, Rei e Salvador Jesus Cristo, sob os cuidados e a intercessão de minha Mãe Santíssima e Mãe do meu Senhor, a Virgem Maria, debaixo da poderosa proteção de São Miguel Arcanjo e do meu Anjo da Guarda, para combater contra todas as forças do mal, ações, ataques, contaminações, armadilhas, en

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver. Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações. Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de louc

Explicando a pintura "A volta do Filho Pródigo" de Rambrandt

"A volta do filho pródigo" de Rambrandt. O quadro, pintado dois anos antes da morte do artista, além da visualização de uma das mais bonitas e expressivas parábolas de Jesus, expressa a trajetória da vida do Rembrandt. É a reflexão sobre a condição existencial na maturidade da sua vida. O quadro "O retorno do Filho Pródigo" se encontra hoje no famoso museu Hermitage, em São Petersburgo, na Rússia. Conhecemos a parábola descrita por evangelista São Lucas (15, 11-32), o evangelista da misericórdia. Vamos conhecer como o pintor apresenta cada uma das pessoas envolvidas na história e o seu estado interior. As três figuras principais e outras três, em tamanho natural, formam uma unidade e a distância, para que se possa contemplar cada uma delas e interagir. O quadro apresenta a escuridão e a luz que ilumina as três figuras principais.   Voltar a casa. Um homem tinha dois filhos. O filho mais novo disse ao pai: pai, dá-me a parte da herança que me cabe. E o pa