Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2021

Pais, e se vocês fossem para a escola de Dom Bosco?

Proclamado "padroeiro dos aprendizes" pelo Papa Pio XII, João Bosco foi um educador incomparável. No dia 31 de janeiro comemoramos a festa daquele que também pôde ser projetor dos pais, dos catequistas e dos educadores Dom Bosco nasceu no dia 16 de agosto de 1815 numa pequena aldeia no norte da Itália. Foi ordenado padre no dia 5 de junho de 1841. Como tinha previsto num sonho durante a sua juventude, a essência do seu ministério era consagrar-se aos jovens, que acolheu às centenas no Oratório de São Francisco de Sales para salvá-los da miséria material e acima de tudo espiritual em que eles tinham caído. Ele foi um educador incomparável e continua hoje em dia servindo de exemplo aos pais e a todos os que trabalham com crianças. Tenham sempre alegria e sejam confiantes A alegria é certamente a tonalidade da vida de Dom Bosco: uma alegria tirada da fonte da oração e dos sacramentos, uma alegria que se concretizou de modo muito concreto. Na idade de doze anos, ele fazia palhaça

O primeiro passo para começar a rezar

  Toda oração é um relacionamento entre a nossa  miséria  e a  misericórdia  de Deus. Rezar não é simplesmente mexer os lábios, mas encontrar-se com uma Pessoa. Descubra qual é o primeiro passo para começar a ter vida de oração, a partir da lição do Senhor: “Tu, quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai que está no escondido” ( Mt  6, 6). Como a oração consiste em um encontro, é necessário primeiramente que haja duas presenças: a nossa e a de Deus. É isso que nos indica Jesus, ao ensinar aos discípulos a oração do pai-nosso: “Tu, quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai que está no escondido” ( Mt  6, 6). Esse recolhimento interior é indispensável ao encontro com Deus. O problema aqui é que a maioria das pessoas reduz a oração a um ato de proferir palavras, ou seja, à oração vocal, que, na verdade, é apenas o primeiro nível de oração, no qual se encontram os iniciantes. No entanto, antes mesmo de abrirmos os lábios, precisamos co

Por que os mártires saíram de moda?

“É mártir que não acaba mais”: nestes últimos dias, em seu rito antigo, a Igreja celebra, em sequência, Santa Prisca (18), os santos Mário, Marta, Audíface e Ábaco (19), São Fabiano e São Sebastião (20), Santa Inês (21), São Vicente e Santo Anastácio (22). Atualmente, conservou-se como obrigatória na liturgia apenas a memória de Santa Inês, cujo nome consta na mais antiga oração eucarística da Igreja, o Cânon Romano. Mas, ainda que a liturgia atual tenha reduzido bastante o número de santos do calendário, todo católico pode ter contato diário com os mártires de sua fé através de um livro chamado Martirológio Romano. Em dois mil anos de história, foram tantas as pessoas que testemunharam Cristo a ponto de derramar o próprio sangue que, para cada dia do ano, há pelo menos alguma delas para celebrar, recordar e invocar [1]. O fato, porém, é que não só perdemos contato com os mártires como a própria “teologia do martírio”, por assim dizer, saiu um pouco de moda. Como vivemos em um tempo de

Conheça a história de Santo Tomás de Aquino

  “Vocês o chamam de boi mudo! Ao invés, eu lhes digo que este boi vai berrar tão alto, que seu berro vai ecoar no mundo inteiro". É o que afirmava Santo Alberto Magno, seu professor, e não se enganava ao defendê-lo perante seus colegas, que, por causa do seu caráter taciturno e, aparentemente, opaco, lhe haviam dado o apelido de “boi mudo”. Seus familiares o prenderam por ter-se tornado frade Pregador Tomás nasceu em uma família de Condes, Aquino, no castelo de Roccasecca, no sul do Lácio, unidos, por vínculos de parentela ao imperador Federico II. Seu pai, Landolfo, queria que ele fosse abade do mosteiro de Montecassino, pensando ser compatível com a natureza tímida e gentil do filho e com seus desígnios políticos. Mas, em Nápoles, Tomás quis tornar-se frade Dominicano, rejeitando toda e qualquer ambição e escolhendo apenas uma Ordem mendicante. Esta sua escolha chocou toda a família, tanto que, dois de seus irmãos, o mandaram prender. Foi colocado em uma cela, proverbial

A santidade como antídoto para o mal no mundo

Os primeiros cristãos, pelo menos desde o século II, já tinham a consciência do chamado de Deus à santidade e da necessidade de serem instrumentos da boa obra de Deus neste mundo Certa vez, um amigo me perguntou quantos seriam os santos da Igreja. Explicando-lhe um pouco sobre a dificuldade em se precisar o número (cf. Quantos santos católicos existem?, publicado no Aleteia por Philip Kosloski, em 25/07/19), disse-lhe que há fontes que falam em mais de 20.000 canonizados, informação que lhe causou um espanto em uma interpelação: “Nossa, mas é santo demais”. Ao que respondi: “Engano, são santos de menos; pois todo cristão deveria ser um indivíduo reconhecidamente santo”. Sim, quando falamos de santidade, o documento do Magistério da Igreja que talvez nos traga maior luz e reflexão seja a Constituição Dogmática Lumen gentium, do Concílio Vaticano II. Em seu capítulo V discute-se o chamado universal à santidade. Escreve o documento: “Todos os fiéis de Cristo, de qualquer categoria ou stat

Bispos dos EUA exortam Biden a rejeitar o aborto após “perturbadora” declaração

A Conferência dos  Bispos  Católicos dos Estados Unidos (USCCB) exortou o presidente Joe Biden a rejeitar o  aborto  e a promover o direito à  vida , após sua declaração "profundamente perturbadora", de 22 de janeiro, no aniversário da decisão Roe vs. Wade que legalizou o aborto no país em 1973. “Exortamos firmemente o presidente a rejeitar o aborto e a promover a ajuda em favor das mulheres e das comunidades necessitadas”, indicou Dom Joseph Naumann, Arcebispo de Kansas City e chefe do Comitê de Atividades Pró-Vida da USCCB. “É profundamente perturbador e trágico que um presidente elogie e se comprometa em codificar uma sentença da Suprema Corte que nega aos nascituros seu direito civil mais básico, o direito à vida sob o eufemismo de serviço de saúde”, indicou o Prelado. Foi assim que os bispos responderam à declaração de Biden e Kamala Harris, a vice-presidente, que indicou que "a administração Biden-Harris está comprometida em codificar Roe vs. Wade, assim como e

Como São Paulo, não fique de braços cruzados!

  A oração não pode tornar-se algo acessório, um simples hábito desvinculado do restante de nossa vida; antes, pelo contrário, tem de ser o motor que nos tire do nosso comodismo e nos impulsione a ir ao encontro dos demais, numa vida de apostolado e verdadeira caridade fraterna. Embora já tenhamos acenado para isso, precisamos explicar, com clareza e insistência, o que nos faz progredir na vida espiritual e tornar-nos verdadeiramente santos. Não é o tipo de oração que estamos fazendo, mas o tipo de vida que estamos levando que nos conduzirá à santidade. Por isso, se estamos seguindo todos os conselhos dados até aqui, e a nossa vida não mudou nada, é porque há algo de profundamente errado no nosso jeito de rezar. Provavelmente, temos que reformular alguma coisa, pois a oração bem feita necessariamente nos conduz a uma mudança de vida. Para nós, cristãos, ao contrário de outras religiões, o sentido da oração e da meditação está no fato de que elas vão nos transformando e configurando a C

Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou Deus aos presos mais perigosos do México

A Madre Antonia Brenner é o “Anjo do Cárcere” e sua história é inspiradoramente emocionante! Será mesmo possível uma história dessas? Uma mulher católica, que se casou e se divorciou duas vezes, que teve oito filhos de dois homens diferentes, que virou freira e chegou a fundar uma nova congregação religiosa? Sim, essa história é verídica. A mulher que a protagoniza se aproximou de São João Paulo II no dia das mães de 1990 para lhe oferecer alguns presentes e pedir a sua bênção durante a visita do Santo Padre ao  México . Ela se tornaria conhecida como o “ Anjo do Cárcere ” por seu trabalho pastoral no  presídio de La Mesa , na violenta cidade mexicana de  Tijuana , fronteira com os Estados Unidos, região de forte influência do narcotráfico. Faz pouco mais de três anos que ela morreu, em 17 de outubro de 2013. Na minha opinião, a história demonstrará que esta mulher foi um dos grandes “pesos pesados” entre as católicas do nosso tempo. Mary Clarke  naceu em Beverly Hills, nos Estados Uni

A alegria cristã

  Há umas palavras muito bonitas no livro de Nehemias, que se leem com frequência na Liturgia das Horas: A alegria do Senhor será a vossa força (Ne 8,10). Jesus nos fala dessa "alegria do Senhor", a garante e a potencia infinitamente com a sua Ressurreição e com a graça do Espirito Santo: Hei de ver-vos outra vez (quando aparecer ressuscitado), e o vosso coração se alegrará e ninguém vos tirará a vossa alegria Un 16,23. Cf. Jn 20,20 e GI 5,22). A tristeza enfraquece-nos, a nós e aos que nos cercam. Debilita o ânimo, amolece as forças e desperta o mau humor. Uma pessoa triste cria um ambiente soturno. Já dizia, no século II, um dos mais antigos escritores cristãos: Afasta de ti a tristeza. Não entendes que a tristeza é pior do que qualquer outro estado de ânimo, que é a coisa que mais desanima e que repele o Espirito Santo? Uma pessoa alegre pratica o bem gosta das coisas boas e agrada a Deus. O triste, pelo contrário, sempre age errado (Pastor de Hermas, Mand. 10,1.1, 3.1).

Orações a São José

  Ladainha de São José Senhor, tende piedade de nós. Jesus Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Jesus Cristo, ouvi-nos. Jesus Cristo, atendei-nos. Deus, Pai dos Céus, tende piedade de nós. Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade de nós. Deus Espírito Santo, tende piedade de nós. Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós. Santa Maria, rogai por nós. São José, rogai por nós. Ilustre filho de Davi, rogai por nós. Luz dos Patriarcas, rogai por nós. Esposo da Mãe de Deus, rogai por nós. Casto guarda da Virgem, rogai por nós. Sustentador do Filho de Deus, rogai por nós. Zeloso defensor de Jesus Cristo, rogai por nós. Chefe da Sagrada Família, rogai por nós. José justíssimo, rogai por nós. José castíssimo, rogai por nós. José prudentíssimo, rogai por nós. José fortíssimo, rogai por nós. José obedientíssimo, rogai por nós. José fidelíssimo, rogai por nós. Espelho de paciência, rogai por nós. Amante da pobreza, rogai por nós. Modelo dos trabalha

Conheça a história de Guido: O "santo" surfista

  Guido Shäffer: testemunho de fé para a juventude Jovem carioca que estudou Medicina e colocou seus dons a serviço dos pobres. Padre Ricardo Figueiredo, autor do livro Um “santo” surfista – O servo de Deus Guido Shäffer, lançado em Portugal e no Brasil pela Paulus Editora revela a história de um de fé de um jovem brasileiro que se tornou exemplo para a juventude mundial. Um testemunho forte que pode convencer a juventude, que tantas vezes parece desorientada, anestesiada pela parafernália de computadores, celulares e outras tecnologias, e que aparenta ter perdido o gosto pela vida. Guido Schäffer pode voltar a dar horizonte a muitas vidas. “É na vida interior que se encontram as verdadeiras linhas de continuidade desta incrível história de Deus com ele. A forma como toma decisões, o modo como se dedica ao estudo da Sagrada Escritura e a naturalidade com que cita passagens de cor, a familiaridade e a amizade que tem com Deus. Tudo fala da sua vida espiritual, de um jovem que não de

Deus não erra!

"É feliz quem a Deus se confia." Salmo 1 O Senhor cuida com muito carinho de seus filhos, olha e zela com todo cuidado por cada um de nós, assim como nós zelamos pelos nossos, muitas vezes com grandes erros, Deus está a nos olhar e cuida de cada um com amor de Pai. Ele não só olha para um povo especifico assim como nós fazemos, diversas vezes percebemos, seja em nossas atitudes, seja na atitude de nosso próximo, que o cuidado com o outro é por quem temos interesse, por pessoas próximas de nós, temos uma certa escolha na hora de optarmos pela responsabilidade com a vida do nosso irmão. Mas Deus não é assim, Ele não escolhe a quem cuidar, Deus não erra, Ele cuida de todos. Quantas vezes paramos para questionar e reclamar porque certas situações tem acontecido comigo, por que a minha vida não anda, Deus não está fazendo nada, Deus não quer mais saber de mim, Ele não me ama mais, esses são questionamentos de um povo mimado e quer tudo na mão, um povo acostumado com as facilidades

Conheça Santa Gianna, a mulher que morreu para não abortar

Gianna Beretta Molla nasceu em Magenta (Milão, Itália), no dia 4 de outubro de 1922. Desde a sua primeira juventude, acolheu plenamente o dom da fé e a educação cristã recebidos dos seus pais. Essa formação religiosa ensinou-lhe a considerar a vida como um dom maravilhoso de Deus, a ter confiança na Providência e a estimar a necessidade e a eficácia da oração. Durante os anos de estudos na Universidade, enquanto se dedicava diligentemente aos seus deveres, vinculava sua fé a um compromisso generoso de apostolado entre os jovens da Ação Católica de caridade para com os idosos e para com os necessitados nas Conferências de São Vicente. Graduada em medicina e cirurgia em 1949 pela Universidade de Pavia (Itália), abre seu consultório médico em Mêsero (nos arredores de Milão), em 1950. Especializa-se em pediatria na Universidade de Milão em 1952 e, entre seus clientes, demonstra especial cuidado para com as mães, as crianças, os idosos e os pobres. Enquanto exercia sua profissão de médica,