Pular para o conteúdo principal

Fundador

CLAYTON BECHEPECHE ANTAR


Falar do nosso fundador é como descrever a essência do nosso carisma, como ilustrar a Parábola do Filho Pródigo, e dizer que esse filho novo cresceu em amor e maturidade a ponto de ser pai, que ama, acolhe e pastoreia.

Clayton Bechepeche Antar nasceu no dia 04 de maio de 1965, em Cachoeiro de Itapemirim, de uma família muito amorosa e de boas condições financeiras, que apesar de lhe dar tudo do melhor, lhe ensinou uma virtude: trabalhar muito.  
Ao nascer teve diversas complicações, e quando estavam perdendo as esperanças uma freira conseguiu achar a veia que tanto procuravam e não achavam, podendo ele ser medicado e curado. Com apenas um ano de idade perdeu seu pai assassinado, porém sua mãe casou-se novamente, e Clayton teve um pai, que o criou , com seus irmãos mais velhos e lhe deu mais uma irmã.
Teve seu primeiro encontro com Deus quando fez uma experiência no seminário aos doze anos, onde os padres lhe deram 100% para seguir essa vocação. Porém “descendo” dessa experiência, as coisas mudaram de rumo. Tendo fácil acesso “as coisas desse mundo”, cresceu seu convívio em festas, aproximou-se das bebidas, drogas, mulheres, e a violência era seu lema. Clayton se impregnou de tudo isso.

Conheceu Adriana, hoje sua esposa. Através dela teve seu segundo encontro com Deus – “arrependendo-se voltou para casa”.

Caminharam no grupo PCJ (Pequena Comunidade de Jesus), depois no OPM (Os Pés do Mensageiro) e, por fim, no Grupo de Oração Kairós, onde foi coordenador por sete anos. E já com uma estrutura toda montada seguiu a voz de Senhor (“Deixa tua terra, ... e vai para a terra que eu te mostrar.” – Gên 12,1) deixando-o nas mãos do vice-coordenador Manoel, e começando o processo de fundação da Comunidade Encontro.


A grande identidade com a palavra 
“ENCONTRO” é a lembrança da Parábola do Filho Pródigo, o encontro do pai com o filho, o encontro de Clayton com Deus Pai. Atualmente, este homem é pai de uma grande obra, não pode ter
filhos biológicos, mas possui muitos filhos espirituais, e os ensina a cada dia a pedir: “Senhor Jesus, ensina-me a ser filho para saber ser pai”. Possui também uma identificação muito forte com São Bento, Homem de Oração e Trabalho, de regras e de amor, que amou a Cruz e, por isso, expulsou muitos demônios, e através de tamanha intimidade leva aos seus e a toda obra a viver virtudes como as do Santo e a seguir regras de amor para alcançarem também a santidade.

Clayton é um jovem de espírito, mente, coração. As estruturas do mundo e de sua própria humanidade não são capazes de limitar sua alma que, na intimidade com Cristo, alça grandes e ousados vôos levando consigo aqueles que ama e pastoreia. Mente e coração incansáveis de fazer a vontade de Deus, ama a vida apaixonadamente, abre-se a cada novidade que ela lhe proporciona. Questionador, além do seu tempo, faz tudo com muita prudência e sabedoria sempre buscando compreender a voz de Deus entre os barulhos da carne e do mundo. Nasceu para dar a vida e a cada dia renova esse propósito.


Veja também:

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO DE COMBATE E TRANSFERÊNCIA DE TODO MAL

Início: Reze: “Chagas abertas coração ferido, o sangue de Cristo está entre nós e o perigo.” (3x). Reze a oração de São Bento: “A Cruz Sagrada seja a minha luz não seja o dragão o meu guia. Retira-te satanás nunca me aconselhes coisas vãs, é mau o que me ofereces, bebe tu mesmo o teu veneno.” Reze a pequena oração de exorcismo de Santo Antônio: “Eis a cruz de Cristo! Fugi forças inimigas! Venceu o Leão da tribo de Judá, A raiz de Davi! Aleluia!” Proclame com fé e autoridade: “O Senhor te confunda satã, confunda-te o Senhor.” (Zacarias 3,2) Reze: Ave Maria cheia de Graça... Oração: Eu (diga seu nome completo), neste momento, coloco-me na presença de meu Senhor, Rei e Salvador Jesus Cristo, sob os cuidados e a intercessão de minha Mãe Santíssima e Mãe do meu Senhor, a Virgem Maria, debaixo da poderosa proteção de São Miguel Arcanjo e do meu Anjo da Guarda, para combater contra todas as forças do mal, ações, ataques, contaminações, armadilhas, en

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver. Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações. Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de louc

Explicando a pintura "A volta do Filho Pródigo" de Rambrandt

"A volta do filho pródigo" de Rambrandt. O quadro, pintado dois anos antes da morte do artista, além da visualização de uma das mais bonitas e expressivas parábolas de Jesus, expressa a trajetória da vida do Rembrandt. É a reflexão sobre a condição existencial na maturidade da sua vida. O quadro "O retorno do Filho Pródigo" se encontra hoje no famoso museu Hermitage, em São Petersburgo, na Rússia. Conhecemos a parábola descrita por evangelista São Lucas (15, 11-32), o evangelista da misericórdia. Vamos conhecer como o pintor apresenta cada uma das pessoas envolvidas na história e o seu estado interior. As três figuras principais e outras três, em tamanho natural, formam uma unidade e a distância, para que se possa contemplar cada uma delas e interagir. O quadro apresenta a escuridão e a luz que ilumina as três figuras principais.   Voltar a casa. Um homem tinha dois filhos. O filho mais novo disse ao pai: pai, dá-me a parte da herança que me cabe. E o pa