Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2022

Quem é Maria Santíssima? 12 características sobre Nossa Senhora

1. O caminho da salvação Por meio de Maria, Deus quis que o Salvador viesse a nós. Deus quis precisar de Maria (Gen 3,15)…´Ela te esmagará a cabeça´. É por Maria que devemos ir a Jesus, porque Jesus veio a nós por Ela. 2. É Mãe de Deus Jesus é Deus. E Maria é Mãe de Jesus. Isabel lhe disse: ´A que devo a honra de receber a Mãe do meu Senhor?´(Lc 1,43) Os santos a chamam de ´Onipotência Suplicante´, isto é, pode tudo com as suas súplicas a seu Filho. TEOTHOKOS (Mãe de Deus) (Gal 4,4) 3. É Imaculada (08 de dezembro) Isto é, foi concebida no seio de sua mãe (Sta. Ana) sem o pecado original, que todos os homens herdam dos pais. Maria foi preservada do pecado original pelo sacrifício de Jesus na Cruz. Deus antecipou para Ela a redenção. Para Deus o tempo não é obstáculo. Este doma foi proclamado pelo Papa Pio IX, 1854, solenemente, e confirmado pela própria Virgem em Lourdes, 4 anos depois, quando disse à menina Bernadete: ´Eu sou a Imaculada Conceição´, em 1858. Maria foi livre do pecado p

Quem não morrer não viverá

As provações fazem parte da vida de qualquer pessoa. Mesmo aqueles que não professam o credo cristão são visitados pela cruz. A diferença é que, para o cristianismo, o sofrimento possui uma dimensão sobrenatural, ainda que não se possa compreendê-lo. Na Carta Apostólica Salvifici Doloris, São João Paulo II diz que "o sofrimento parece pertencer à transcendência do homem", uma vez que exige dele uma superação de seus próprios limites e forças. E, de fato, é assim. As contrariedades da vida, qualquer pessoa pode intuir isso, são, de certo modo, necessárias para o crescimento humano. Vários autores espirituais já escreveram sobre esse tema. Em nossos dias, porém, o sofrimento tem sido objeto de discussão das mais variadas filosofias e psicologias. É claro que o assunto não é exclusividade da teologia ascética. Ocorre que, no intuito de dar uma resposta satisfatória às dificuldades enfrentadas pelo homem, muitos estudiosos têm caído na tentação do bem-estar. O mantra moderno é

Você já rezou o Oje? A oração do coração.

Oje - Um estado permanente de vida A Oração de Jesus sustentou a Igreja durante séculos. Mas onde está o fundamento do vigor espiritual que a "oração do coração" é capaz de produzir em QUEM reza e PARA QUEM se reza? O OJE está fundamentado no reconhecimento da própria miséria, da pobre e infeliz condição, no reconhecimento da grandeza de Deus e na súplica por sua misericórdia. Está na capacidade de pedir e de dar o perdão, na capacidade de sentir compaixão, na capacidade e na abertura de ser corrigido e alegrar-se com a correção. Às vezes nos ocupamos mais com a intenção do OJE do que com a própria oração, que pode acabar saindo no automático. Grande graça estamos perdendo: aquela de unir a consciência e reflexão à força que já é própria da oração. O OJE quer desenvolver em nós um constante estado de humildade e abertura, um estado permanente de vida, até o ponto de a jaculatória "Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus vivo, tem piedade de mim pecador" se tornar parte c

Sou católico, eis a minha glória!

Existe uma atitude frequente entre nós e, no entanto, profundamente absurda: o sentirmos vergonha de sermos católicos. A isso se chama respeito humano. Ora, quem tem vergonha de estar com boa saúde? Quem tem vergonha de possuir um emprego interessante e bem remunerado? Ou uma família amorosa? Ninguém, evidentemente. Ao contrário, sentimos orgulho de nossas riquezas naturais (a saúde, a vida profissional, a família), e temos mesmo a tendência de ostentá-las. Por que bizarrice do espírito humano, então, acontece de sentirmos vergonha das riquezas sobrenaturais que são nossas, da nossa fé católica, da graça divina? Podemos nos acanhar delas? É incompreensível, e contudo é um mal demasiadamente difundido entre os católicos. A falta, o vício que deveria nos ameaçar, em boa lógica, não deveria ser a vergonha, mas antes a jactância, o orgulho. Se sou amigo de um rei, de um homem político, de uma estrela do cinema ou da música, de um atleta famoso, quero proclamá-lo por cima dos telhados

Cardeal Sarah: A renovação da Igreja virá dos mosteiros. Ide aos mosteiros

Há outro lugar onde podemos experimentar a Deus que se doa à  Igreja: os mosteiros. Aqui encontramos uma realização concreta do que deveria ser a Igreja inteira. Já disse isso muitas vezes, não tenho medo de repeti-lo. A renovação virá dos mosteiros. Convido todos os cristãos a compartilhar por alguns dias a experiência da vida em um mosteiro. Eles vão experimentar "em pequena escala" aquilo o que a Igreja é em "grande escala". Nos mosteiros, eles experimentarão a primazia dada à contemplação de Deus. Ide aos mosteiros! Em contraste com um mundo de fealdade e de tristeza, esses lugares sagrados são verdadeiros oásis de beleza, simplicidade, humildade e alegria. Nas abadias, os fiéis poderão compreender que é possível colocar Deus no centro de toda a vida. Esse primado da contemplação foi proclamado pelo próprio Cristo quando disse que "uma só coisa é necessária" e que "Maria tinha escolhido a melhor parte, a que não lhe será tirada" (Lc 10, 42) e

Como fazer uma boa confissão?

Poucas coisas são tão importantes quanto saber confessar-se bem . O sacramento da Penitência, com efeito, foi instituído por Cristo para que os pecados cometidos após o Batismo, em virtude da absolvição sacramental, fossem perdoados ao fiel contrito e confessado. Daí se vê o quão necessário à salvação é este sacramento, cuja necessidade se equipara à do Batismo, ao menos para os que se afastaram de Deus pelo pecado grave. Somente por ele, de lei ordinária, o homem em pecado pode reconciliar-se com Deus , que dele se serve para infundir novamente a graça santificante e perdoar tanto a culpa quanto o reato da pena eterna, isto é, do inferno. A experiência mostra, além disso, que este sacramento, para quem o recebe com devoção, devolve a paz de consciência e produz, não raro, grande consolação de espírito. Mas o que é preciso para se confessar bem? Antes de responder a essa pergunta, é importante lembrar que todos os sacramentos, para serem válidos, contam com alguns requisitos essencia

A imitação das virtudes de Maria

A verdadeira devoção mariana funda-se num princípio cristocêntrico. Ou seja: é Jesus Cristo, e não a Virgem Santíssima, o fim último da devoção a Nossa Senhora. Esse princípio é de grande importância não apenas por ser a rocha sólida sobre a qual se ergue o nosso amor a Maria, mas também porque nele encontramos o melhor remédio para os escrúpulos de que padecem alguns falsos devotos que, temendo desonrar o Filho, deixam de honrar a Mãe. Trata-se de um receio, aliás, que atormentou na juventude até mesmo o futuro Papa São João Paulo II, e foi justamente o Tratado de São Luís Maria que lhe dissipou qualquer sombra de medo de consagrar-se por inteiro — Totus tuus era o seu lema — à Virgem Santíssima. Não custa lembrar, além disso, que a própria fórmula de consagração que o santo de Montfort nos propõe chama-se “Consagração de si mesmo a Jesus Cristo, Sabedoria encarnada, pelas mãos de Maria”. Aludimos também, ainda que brevemente, a um segundo princípio sobre o qual repousa esta devoção e

RETIRO ACHEGA-TE

LEIA ATENTAMENTE! ESTE RETIRO SERÁ FECHADO, COM TAXA DE INSCRIÇÃO E DE FORMA INDISPENSÁVEL A PARTICIPAÇÃO INTEGRAL NOS DOIS DIAS. PARA ISSO, SEGUE AS INSTRUÇÕES ABAIXO PARA PARTICIPAR: 1. É necessário chegar no horário marcado, SEM ATRASOS  naquilo que for proposto a você e no contato que faremos de forma particular. É indispensável a participação integral no encontro. 2. Como este retiro será FECHADO, pedimos a contribuição de uma taxa única para toda a estrutura de R$35,00, SEM CUSTO DE ALIMENTAÇÃO. Se você desejar e precisar estaremos vendendo alimentação durante o final de semana, mas fique à vontade em trazer o que lhe for necessário. 3. Sua inscrição se tornará válida após o pagamento de sua taxa, SENDO INDISPENSÁVEL O ENVIO DO COMPROVANTE PARA O NÚMERO (28) 99978-8205. 4. A taxa de inscrição é para organizarmos as necessidades do retiro dias antes do final de semana marcado, por isso, não devolveremos o valor, pois ele já terá sido aplicado. Ele deverá ser depositado até a da

Para que serve o Sacramento da Crisma?

O sacramento da Confirmação (ou crisma), em comparação com os demais, parece carecer de uma especificidade, de uma finalidade. Basta observar os outros seis Sacramentos para perceber essa aparente falta de sentido. Santo Tomás de Aquino, na Suma Teológica, III Parte, na Questão nº 72, artigo 5, diz o seguinte: "Como o batismo é uma geração espiritual para a vida cristã, assim a confirmação é um crescimento espiritual que faz o homem avançar até a idade perfeita espiritual" . Trata-se, portanto, de um crescimento e é por isso que na lista dos sete sacramentos, a crisma está em segundo lugar, não em ordem de importância, mas segundo a natureza. Existe diferença entre uma pessoa que foi apenas batizada e outra que já recebeu a crisma. Santo Tomás diz que "o sacramento dá confirmação dá ao homem um poder espiritual para determinadas outras ações sagradas, além daquelas para as quais o batismo o qualifica." Deste modo, ao ser batizado, o homem recebe um poder e, ao ser

9 Milagres envolvendo o Escapulário do Carmo

São Cláudio de La Colombière, sacerdote jesuíta e confessor de Santa Margarida Maria de Alacoque, observou: “Nenhuma devoção foi até hoje confirmada com número maior de autênticos milagres do que o escapulário do Carmo” Aqui vão 9 desses milagres assombrosos. 1 – O primeiro milagre de conversão No mesmo dia em que Nossa Senhora deu o escapulário a  São Simão Stock , ele foi chamado às pressas por um nobre chamado Peter de Linton: – Venha depressa, padre, porque o meu irmão está à morte, em desespero! São Simão Stock partiu imediatamente para junto do moribundo. Mal chegou, lançou sobre aquele homem o seu grande escapulário, pedindo a nossa Mãe Santíssima que não deixasse de cumprir a sua promessa. O homem finalmente se arrependeu e faleceu na graça e no Amor de Deus. 2 – Os escapulários que resistiram à sepultura Apenas 25 anos depois da visão em que Nossa Senhora do Carmo entrega o escapulário a São Simão, o  Papa São Gregório X  faleceu e foi sepultado com o escapulário que usava. Qu

Cardeal Sarah: “Está na hora da Igreja voltar ao que se espera dela"

  "Nós procuramos o sacerdote porque buscamos a Deus, não porque queremos salvar o planeta", afirmou o cardeal africano “Está na hora de a Igreja voltar ao que se espera dela: falar de Deus”, afirmou o cardeal Robert Sarah, prefeito emérito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, durante entrevista ao jornal francês  Le Figaro . Para o cardeal africano, “nós procuramos o sacerdote porque buscamos a Deus, não porque queremos salvar o planeta”: ele questiona certas visões em voga sobre a Igreja como se fosse uma ONG cheia de atribuições terrenas que lhe tiram o caráter eminentemente espiritual. Sarah acaba de lançar o livro “Catecismo da Vida Espiritual”, em maio deste ano. Trata-se de um guia para quem deseja aprofundar sua vida espiritual a partir de uma perspectiva prática, não acadêmica. É por isso que o livro se estrutura em torno dos sacramentos: “Infelizmente, os sacramentos foram transformados em cerimônias puramente externas. Mas eles são, na

A poderosa Ladainha da Sagrada Face

Esta santa devoção teve origem com a impressão milagrosa do Rosto de Cristo no lenço de Verônica, uma tradição muito respeitada na Igreja. O Papa Bento XVI fez questão de venerar o Véu de Verônica na cidade de Manoppello na Itália, em setembro de 2006. Durante sua visita ao santuário, Bento XVI foi o primeiro Papa a poder novamente venerar a relíquia, meio milênio após seu desaparecimento da Basílica de São Pedro. Esta devoção cresceu muito também por causa da importância que a Divina Face teve na vida de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face. Outro fato que fortaleceu a devoção foram os surpreendentes estudos da figura de JESUS no santo Sudário de Turim; além das revelações à Irmã M. Pierina de Micheli (†1945), a mensageira da Sagrada Face dos últimos tempos. Deixamos abaixo a Ladainha da Sagrada Face para que você ore, medite e contemple. Senhor, tende piedade de nós.  Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.   Jesus Cristo, ouvi-nos.  Jesus Cristo,