Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2021

"Jovens, assumam as vossas raízes!" Veja o que o Papa quer dizer com isso.

  Já me aconteceu ver árvores jovens, belas, que elevavam seus ramos sempre mais alto para o céu; pareciam uma canção de esperança. Mais tarde, depois duma tempestade, encontrei-as caídas, sem vida. Estenderam os seus ramos sem se enraizar bem na terra e, por ter poucas raízes, sucumbiram aos assaltos da natureza.  Por isso, custa-me ver que alguns propõem aos jovens construir um futuro sem raízes, como se o mundo começasse agora. Com efeito, é impossível uma pessoa crescer, se não possui raízes fortes que a ajudem a estar firme de pé e agarrada à terra. É fácil extraviar-se, quando não temos onde agarrar-nos, onde firmar-nos . Que não te arranquem da terra Esta não é uma questão secundária, e parece-me oportuno dedicar-lhe um breve capítulo. Compreender isto permite-nos distinguir entre a alegria da juventude e um falso culto desta de que alguns se servem a fim de seduzir os jovens e usá-los para os seus fins. Pensai bem! Se uma pessoa vos fizer uma proposta dizendo para ignorardes a

5 GRANDES MENTIRAS sobre a Igreja Católica

  "A importância de conhecer a doutrina sempre foi uma das preocupações da Igreja, desde os seus primórdios. O próprio Jesus Cristo nos deixou o mandato de ensinar a todas as nações (Mt 28,19). Começando pelo primeiro anúncio do querigma até a sistematização dos artigos da fé, muitos se empenharam em nos legar a reta doutrina, esclarecendo seus contemporâneos e até entregando a vida em defesa das verdades que professamos. Esse conhecimento tornou-se essencial para um verdadeiro encontro com Cristo. É necessário entender o que a doutrina fala para a nossa vida, sabendo também refutar os erros, as falsas interpretações e até as calúnias que foram sendo forjadas ao longo da história e que, em nosso tempo, aparecem frequentemente como uma sutil, porém não menos grave, perseguição.  Os leitores acostumados à internet e a um novo jeito de falar encontrarão, nos pontos a seguir, a mesma doutrina que é comunicada há dois mil anos, porém em um formato totalmente renovado, capaz de levar jo

Quais as marcas de santidade que você carrega?

A fé verdadeira nos leva à conversão, a nunca querer recuar, mas só avançar e ir assumindo todos os prejuízos da carne, porque só lucra o espírito, a carne toma prejuízo diariamente quando eu creio de verdade. Enquanto você não tiver na sua vida as marcas da sua vocação, as marcas de coisas que você convive com elas, que trabalha nelas, você não será daquele lugar. Você tem que ter as marcas daquele lugar, tem que estar na sua vida, no seu corpo as marcas daquele lugar. Enquanto você não tiver essa marca na sua alma, no espírito e no coração, você só é um visitante, só está como um turista, de passagem e assim também é na própria igreja de Cristo, enquanto você não tiver as marcas da fé, de Cristo em tua vida, se você não tiver essas marcas em tua vida, o Pai não vai te reconhecer. Tem que ter as marcas. Quais são as marcas que você carrega? São marcas que estão te identificando mais com o estilo de vida do mundo ou com Deus? Quanto mais você se aproxima de Deus, mais você o quanto v

Santo Agostinho: Fizeste-nos para Ti e inquieto está nosso coração, enquanto não repousa em Ti.

Grande és Tu, Senhor, e sumamente louvável; grande é a Sua força, a Tua sabedoria não tem limites! Ora, o homem, esta parcela da criação, quer Te louvar, este mesmo homem carregado com sua condição mortal, carregado com o testemunho do seu pecado e como o testemunho de que resistes aos soberbos. Ainda assim, quer louvar-Te o homem, esta a parcela de Tua criação! Tu próprio o incitas para que sinta prazer em louvar-Te. Fizeste-nos para Ti e inquieto está nosso coração, enquanto não repousa em Ti. Dá-me, Senhor, saber e compreender o que vem primeiro: o invocar-Te? Começar por conhecer-Te ou por invocar-Te? Mas quem Te invocará sem Te conhecer? Por ignorância, poderá invocar alguém em lugar de outro. Será que é melhor Seres invocado, para Seres conhecido? Como, porém, invocarão Aquele em que não creem? Ou como terão fé, sem anunciante? Louvarão o Senhor aqueles que O procuram. Quem O procura, encontra-O e tendo-O encontrado, louva-O. Buscar-Te-ei, Senhor, invocando-Te; e invocar-Te-ei cr

Quem foi Santa Mônica?

A Igreja recorda hoje Santa Mônica, mãe de Santo Agostinho. O Papa Francisco apontou-a várias vezes como modelo a imitar, especialmente por sua constante oração a Deus, um diálogo de fé que sustentou a sua caminhada cristã. Uma mulher tenaz e amorosa, com uma fé sólida: este é o retrato de Santa Mônica. Esposa virtuosa e mãe cuidadosa, ela alimentou sua fé com a oração, prática piedosa e escuta da Palavra de Deus. O seu é o exemplo de oração incessante que deveria alimentar a fé de todo cristão. E, de fato, a oração é o "segredo" da vida de Mônica, um diálogo com Deus que nunca se interrompeu. Uma oração que, embora às vezes parecesse que não era ouvida, foi insistente, sustentada pela vontade de ferro de querer ser uma boa esposa e de ver seus filhos seguros no porto de Deus. Em uma meditação matinal proposta na Capela da Casa de Santa Marta (11 de outubro de 2018), o Papa chamou a oração "uma trabalho: um trabalho que nos pede vontade, nos pede constância, nos pede det

Papa: viver sem medo de ser verdadeiro

  Na catequese, o Pontífice convidou os cristãos a se inspirarem em Paulo, homem reto que não tem medo da verdade. A hipocrisia, afirmou, pode colocar em perigo a unidade na Igreja. A hipocrisia foi o tema da Audiência Geral desta quarta-feira (25/08). Dando continuidade ao ciclo de catequeses sobre a Carta de São Paulo aos Gálatas, o Papa Francisco citou um episódio narrado pelo Apóstolo ocorrido em Antioquia. O protagonista é Pedro e o que está em jogo é a relação entre a Lei e a liberdade. O objeto da crítica foi o comportamento de Pedro à mesa, que mudou de acordo com a companhia. A Lei proibia a um judeu de partilhar refeições com não judeus. Pedro estava à mesa sem qualquer dificuldade com os cristãos que tinham vindo do paganismo, mas quando alguns cristãos de Jerusalém, circuncidados, chegaram à cidade, ele já não o fez, para não incorrer nas críticas deles. Isto é grave aos olhos de Paulo, até porque Pedro estava a ser imitado por outros discípulos e o seu comportamento criou

O testamento de um Rei santo para seu filho

Confira a carta que São Luís IX da França deixou a seu filho e descubra a maior glória que um Rei pode possuir neste mundo: ser servo de Nosso Senhor Jesus Cristo. São Luís IX , Rei da França, que entre 1214 e 1270 governou generosamente um povo com extrema piedade e coração inflamado de amor a Deus, não poderia deixar que cada um de seus súditos ficassem sem sentir e entender quem era o verdadeiro Rei do Universo. Sua dedicação no zelo para com os pobres e sua humildade pública comoviam os corações mais endurecidos. Fazia questão de que todos tivessem acesso aos sacramentos e vivessem uma vida íntima de adoração ao Senhor. Para isso pagou uma quantia de 135 mil libras para que a Santa Coroa de espinhos de Nosso Senhor e um pedaço do Preciosíssimo Lenho fossem trazidos de Jerusalém. Para abrigá-los dignamente, construiu a grandiosa Catedral gótica de Sainte Chapelle. Ao final de sua vida, padecendo mortalmente de tifo, que contraíra na última cruzada em Túnis na África, deixo

Saiba como lidar com o luto

“Deus enxugará toda lágrima dos seus olhos. A morte não existirá mais, e não haverá mais luto, nem grito, nem dor, porque as coisas anteriores passaram” (Ap 21, 3-4). Muitos podem ser os sentimentos que surgem diante da perda de alguém que você ama. Dor tristeza, raiva, interrogações. Tudo isso faz parte desse processo. Vivemos um momento em que praticamente a humanidade está de luto, afinal, diariamente recebemos notícia do falecimento de pessoas próximas a nós. Na busca por compreender esse tema, e quem sabe ajudar o próximo, tenho refletido e conversado com um amigo de longa data, especialista em luto, o padre Lício de Araújo Vale. Em nossas reflexões, temos percebido que apesar de fazer parte da vida, a   morte   nunca é vista como algo natural.   O luto envolve uma mistura de sentimentos A finitude chega de diversas formas. Quem enfrenta ou enfrentou esse momento viu-se envolvido por sentimentos como dor, saudade, tristeza, revolta e interrogações. Graças a Deus, a fé e o amor têm

9 Lições do Venerável Fulton Sheen sobre a Educação dos Filhos

Venerável Fulton Sheen, grande orador e escritor e um dos bispos mais conhecidos da Igreja Católica dos Estados Unidos, foi pai espiritual de muitos, escreveu e falou com clareza impressionante sobre crianças e adolescentes, sobre a importância da família e sobre o dever e a responsabilidade tremendos que têm os pais para com os filhos. Seus conselhos já auxiliaram milhares de pais na árdua tarefa de educar. Certamente serão de grande valia para os pais de hoje, que andam tão desnorteados e sempre à procura de ajuda. AMOR EM FAMÍLIA 1 – “Não há mérito em amar outros que são amáveis. É fácil amar crianças amáveis, mas amá-las quando são elas que não merecem amor é o sinal infalível de uma família. (…) Quando as crianças são desagradáveis, rebeldes e fazem estardalhaço, particularmente em dias de chuva, é muito difícil amá-las com paciência. Mas logo que os pais reconhecem que Deus os ama mesmo quando não merecem ser amados, isso os inspira a fazerem o mesmo por seus filhos.” DESOBEDIÊN

Hoje a Igreja celebra memória de Nossa Senhora Rainha

  Instituída pelo Papa Pio XII, celebramos hoje a Memória de Nossa Senhora Rainha, que visa louvar o Filho. Nossa Senhora Rainha é um dos títulos de Maria, mãe de Jesus segundo a Igreja católica. Maria é invocada como rainha 12 vezes: Rainha dos anjos, dos patriarcas, dos profetas, dos apóstolos, dos confessores, das virgens, dos mártires, de todos os Santos, da paz, concebida sem pecado original e levada aos céus.  Ainda Lucas, nos Atos dos apóstolos, coloca Maria no meio dos apóstolos, recolhida com eles em oração. Ela constitui o vínculo que mantém unidos ao Ressuscitado aqueles homens ainda não robustecidos pelos dons do Espírito Santo. Pois a sua extraordinária humildade e fé total na palavra do anjo, que fez descer sobre a Terra um Deus ainda mais humilde do que ela. E, através de suas virginais virtudes e pureza de coração, Maria ficou ainda mais próxima de seu Filho. Porque Rainha? Coroar Nossa Senhora é demonstrar que a reconhecemos como “Rainha”, mesmo na simplicidade de sua

O que são Virtudes Cardeais segundo o Catecismo da Igreja Católica?

As virtudes humanas são atitudes firmes, disposições estáveis, perfeições habituais da inteligência e da vontade, que regulam os nossos atos, ordenam as nossas paixões e guiam o nosso procedimento segundo a razão e a fé. Conferem facilidade, domínio e alegria para se levar uma vida moralmente boa. Homem virtuoso é aquele que livremente pratica o bem. As virtudes morais são humanamente adquiridas. São os frutos e os germes de atos moralmente bons e dispõem todas as potencialidades do ser humano para comungar no amor divino.  DISTINÇÃO DAS VIRTUDES CARDEAIS Há quatro virtudes que desempenham um papel de charneira. Por isso, se chamam "cardeais"; todas as outras se agrupam em torno delas. São: a prudência, a justiça, a fortaleza e a temperança . "Se alguém ama a justiça, o fruto dos seus trabalhos são as virtudes, porque ela ensina a temperança e a prudência, a justiça e a fortaleza" (Sb 8, 7). Com estes ou outros nomes, estas virtudes são louvadas em numerosas passage

São Bernardo de Claraval e a luta pela Castidade

Tendo recebido desde cedo uma sólida formação religiosa, Bernardo foi aluno notável em sua mocidade. Quando recebia alguma lição que contrariasse os mistérios da fé e a doutrina cristã, “recorria à oração e à meditação das Sagradas Escrituras para neutralizar o veneno inalado nas aulas” . (Nenhum conselho poderia ser tão útil para os nossos dias.) Mais tarde, o mesmo Bernardo será visto debatendo e debelando os erros dos professores de sua antiga escola. Depois da morte de sua piedosa mãe, no entanto, o jovem rapaz foi atingido por uma tristeza acabrunhante. O luto se tinha apoderado totalmente de sua alma e ele não achava consolação em nada do que fazia, nem mesmo na oração, à qual já estava tão habituado, apesar da breve idade. Era final de agosto de 1110 e Bernardo contava cerca de 20 anos. Instado por sua irmã Umbelina a distrair-se e passar tempo com os jovens que frequentavam o castelo, Bernardo começou a acercar-se de más companhias e brincar à beira do precipício dos maus costu

Responda ao convite que Deus faz ao seu coração

“Então, os empregados saíram pelos caminhos e reuniram todos os que encontraram, maus e bons. E a sala da festa ficou cheia de convidados”  (Mateus 22,10). Na parábola de hoje, Jesus compara o Reino dos Céus com a história daquele rei que preparou a festa de casamento para o seu filho. Veja, se você vai fazer a festa de casamento do seu filho, da sua filha, a primeira coisa que você se preocupa é com aquela famosa “listinha” de convidados. Você estabelece prioridades: quem é próximo, quem é amigo, quem são os padrinhos, e aí você os convida. Que frustração é quando você pensa em alguém, quando você deixa de lado alguns e coloca aquele fulano, aquele outro, aquela outra como prioridade, e aquele que você pensou, que você teve amor e carinho para chamá-lo, ele te dá a desculpa de que não pode, que não vai dar, que tem outros compromissos ou fica muito feliz com o convite, mas não poderá estar. Sem contar aqueles que nem respondem que não poderão estar e nem comparecem. Eu penso, qual sej