Pular para o conteúdo principal

Conselhos preciosos de Madre Teresa para alcançar a santidade

 

São João Paulo II havia proposto, como programa pastoral para o terceiro milênio cristão, o “alto padrão de vida cristã ordinária” que é a santidade. Mas como alcançá-la? Madre Teresa nos revela a sua receita!

Os dois passos em direção à santidade
Foi em Calcutá. Madre Teresa nos mostrou as duas mãos com um sorrisinho travesso e nos convidou a contar nos dedos. Para a mão direita: “Eu quero/eu desejo/com a graça de Deus/ser/santo!”; para a mão esquerda: “Tu/já/realizaste/em/mim!” Ela então juntou as duas mãos e, erguendo-as para o céu, acrescentou: “Assim seja!”

Madre Teresa explicou que o primeiro passo para a santidade é, portanto, desejar ser santo: “Tudo depende destas simples palavras: “Eu quero” ou “Eu não quero”. E para esclarecer: “Dizer que “eu quero ser santo” significa “eu vou me despojar de tudo o que não é Deus… renunciarei à minha própria vontade, meus gostos, minhas fantasias, minha inconstância; com toda a minha vontade amarei a Deus, escolherei a favor dele, correrei para ele, irei alcançá-lo e entrar em comunhão com ele”.

“Não acho que haja outra pessoa no mundo que precise da ajuda e da graça de Deus tanto quanto eu. Eu me sinto tão pobre e tão fraca”, escreveu Madre Teresa. Jesus também lhe confirmou a impressão que ela tinha de si mesma: “Você é, e eu sei, a pessoa mais incapaz, fraca e pecadora que existe, mas é precisamente porque você é assim que eu a desejo ao meu lado, para em ti mostrar a minha glória. Você aceita?” Uma vez que o desejo esteja presente, que a pobreza seja aceita e ofertada, Deus pode realizar em nós, pelo poder de sua graça, infinitamente mais do que podemos pedir ou mesmo conceber (Ef 3, 20).

Aceite o sorriso que Jesus nos envia
Essa troca entre natureza e graça é muito misteriosa. Por um lado, corremos o risco de cair no ócio, aguardando passivamente o milagre transformar nossas vidas. Por outro lado, exercemos um voluntarismo exaustivo cheio de esforços, muitas vezes sem grande sucesso. A combinação correta entre nossos esforços e a graça de Deus poderia ser formulada da seguinte forma: “Não é só Deus e o homem, graça e liberdade, mas Deus por meio do homem, graça por meio da liberdade”. Em outras palavras: “Aja como se tudo dependesse de você, sabendo que na realidade tudo depende de Deus” (Santo Inácio). Na Liturgia dos Santos rezamos “Na assembleia dos santos, vós sois glorificados e, coroando os seus méritos, exaltais os vossos próprios dons”.

Professores americanos visitaram Madre Teresa e lhe perguntaram: “Conte-nos algo que nos ajudará para o resto da vida!” Ela respondeu: “Sorriam uns para os outros”. “Devo ter mostrado um tom muito sério, disse ela, porque um deles perguntou, preocupado: “Você é casada?” E eu disse: “Sim, e às vezes acho muito difícil sorrir para Jesus, porque ele pode ser muito exigente!”. Ela então concluiu: “A santidade não consiste em fazer coisas extraordinárias”. Consiste em aceitar com um sorriso o que Jesus nos envia. É aceitar e seguir a vontade de Deus.

Padre Nicolas Buttet

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver. Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações. Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de louc

Milagres de São Bento

Santa Escolástica, irmã gêmea de São Bento, testemunha o poder de Deus               Muitas pessoas perturbadas e possessas por espíritos maus, foram libertas por São Bento. Quando São Bento ordenava que os espíritos saíssem, quando estes não obedeciam, ele esbofeteava a pessoa ou a tocava forte com o cajado, mas quem sentia o golpe era o demônio. Sobre isto comenta Santa Escolástica, que por duas ocasiões viu que após alguns golpes os espíritos deixavam as pessoas como se tivessem levado uma bruta surra. A pedra que não se movia               Havia ali também a construção uma enorme pedra, que serviu de altar para sacrifícios ao deus pagão Apolo. Tentavam os monges remove-la, mas não conseguiam. Chamaram São Bento, que percebeu que a pedra era segurada por demônios. O Santo ordenou que se retirasse, fez o Sinal da Cruz e os demônios fugiram e a pedra pode ser removia com grande facilidade. Salva da morte São Plácido               Numa certa ocasião aconteceu que um meni

EXAME DE CONSCIÊNCIA PARA JOVENS E ADULTOS

Como se faz o exame de consciência? Faz-se o exame de consciência trazendo à memória os pecados cometidos, a partir da última confissão bem feita.  “Qual é a mulher, que tendo dez dracmas, e perdendo uma, não acende a candeia e não varre a casa e não procura diligentemente até que a encontre? E que, depois de a achar, não convoque as amigas e vizinhas, dizendo: Congratulai-vos comigo, porque encontrei a dracma que pinha perdido?” (Lucas 15, 8-10) A dracma era uma moeda corrente na Judéia. A solicitude da dona de casa, apresentada na parábola do Evangelho a procurar a moeda em todos os ângulos dos quartos e das salas, é um excelente convite à nossa alma. Devemos examinar atentamente nossa consciência antes de nos aproximarmos da santa confissão. Não é possível detestar e confessar um mal sem conhece-lo. Ao passo que, o seu conhecimento, leva-nos à detestação e ao desejo de nos libertarmos dele quanto antes. O exame de consciência é, por conseguinte, a indagação at