Pular para o conteúdo principal

Postagens

Postagem em destaque

FÁBRICA DE SANTIDADE 2021

Iniciamos no dia 13 de Março de 2021 o Programa "Fábrica de Santidade". Será um caminho  maravilhoso para maior conhecimento e aprofundamento da IGREJA , da fé, de experiências com Deus, maturidade espiritual, encontro consigo mesmo e uma busca radical pela santidade.   "A IGREJA PRECISA CONHECER A IGREJA" é o tema do nosso novo Fábrica.  Nossos encontros com todas as datas a serem passadas acontecerão em nosso Centro de Evangelização "Casa de Maria" (Zona Rural - Localidade São Simão / Bairro IBC, Cachoeiro de Itapemirim, ES. Referência: estrada de chão logo após a Polícia Federal sinalizada com placas indicativas.)  Você que deseja trilhar este lindo caminho de santidade conosco, preencha seus dados abaixo e para que vivamos também um momento fraterno na tarde de cada encontro, traga um lanche (bolo, pão, biscoito, suco, etc.) para partilharmos juntos.  Maiores informações ou dúvidas, entre em contato conosco: Telegram: (28) 99978-8205 ou @comunidadee
Postagens recentes

A meditação do Pai-Nosso

“A oração dominical (Pai-Nosso) é a mais  perfeita das orações. Nela não só pedimos tudo quanto podemos desejar corretamente, mas ainda segundo a ordem em quem convém desejá-lo. De modo que esta oração, não só nos ensina a pedir, mas ordena também todos os nossos afetos.” Santo Tomás de Aquino De pecadores que somos, mas perdoados em Cristo, podemos levantar os olhos para o Pai e dizer “Pai Nosso!” A “Oração perfeita” brotou do coração de Jesus quando um dos discípulos pediu-lhe que os ensinassem a rezar (Lc 11,1). São pedidos perfeitos ao Pai. Saudamos a Deus como Pai – uma ousadia de amor – e lhe fazemos três pedidos para a Sua Glória e realização de Sua Santa Vontade, e mais quatro pedidos para nossas necessidades. Santo Agostinho disse que o Pai-Nosso é a síntese do Evangelho: “Percorrei todas as orações que se encontram nas Escrituras, e eu não creio que possais encontrar nelas algo que não esteja incluído na Oração do Senhor”. De um lado Jesus nos ensina uma “vida nova”, por pal

A oração é um encontro íntimo com Deus

  O que é a oração? A oração é atitude própria e necessária de todo o  cristão . Então, acredito que todos nós, em algum momento, já tenha feito a si mesmo estas perguntas: “Será que eu sei rezar?; Como eu rezo?; O que é a oração?”. Se você já se fez essas perguntas, não pense que está errado ou que isso é um problema. Pois, vejo, por trás desses questionamentos, alguém preocupado com a vida espiritual e com o relacionamento com Deus. Digo isso partindo do mesmo apelo feito a Jesus, por um de seus  discípulos , quando esse viu que o próprio Senhor tinha saído para orar em um determinado lugar. O discípulo perguntou ao Senhor: “Senhor, ensina-nos a orar, como, também, João ensinou aos seus discípulos” (Cf. Lc 11,1). O que é a oração? A oração é atitude própria e necessária de todo o  cristão . Então, acredito que todos nós, em algum momento, já tenha feito a si mesmo estas perguntas: “Será que eu sei rezar?; Como eu rezo?; O que é a oração?”. Se você já se fez essas perguntas, n

O Pedro que o Senhor nos deu neste tempo...

O próprio Espírito de Deus nos leva a aproveitar bem esta oportunidade da celebração da Cátedra de São Pedro neste ano, vivemos liturgicamente os ciclos dos tempos, das festas, comemorações a cada ano. Mas a cada ano o Espírito nos fala de forma mais profunda, diferente do ano anterior, porque quer suscitar em nós as particularidades, as características para determinado tempo, realidade que estamos vivendo. Eu convido a cada um de nós, a nos colocarmos na celebração profunda da Cátedra de São Pedro, não só apenas no momento em que celebramos a palavra ou comungamos o Corpo Santo do Senhor, mas durante todo este dia, meditar sobre o Ministério Petrino. Rezar incansavelmente pelo papa, nos unir à Santa Igreja, porque celebrar o mistério de um pastor que o Senhor nos confiou, um chefe da Igreja, é celebrar consequentemente a humildade dos santos. Através dos séculos, homens, mulheres, famílias, leigos, presbíteros, se submeteram, se subordinaram às orientações de Deus através dos pa

MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO PARA A QUARESMA DE 2021

  «Vamos subir a Jerusalém...» (Mt 20, 18). Quaresma: tempo para renovar fé, esperança e caridade. Queridos irmãos e irmãs! Jesus, ao anunciar aos discípulos a sua paixão, morte e ressurreição como cumprimento da vontade do Pai, desvenda-lhes o sentido profundo da sua missão e convida-os a associarem-se à mesma pela salvação do mundo. Ao percorrer o caminho quaresmal que nos conduz às celebrações pascais, recordamos Aquele que «Se rebaixou a Si mesmo, tornando-Se obediente até à morte e morte de cruz» (Flp 2, 8). Neste tempo de conversão, renovamos a nossa fé, obtemos a «água viva» da esperança e recebemos com o coração aberto o amor de Deus que nos transforma em irmãos e irmãs em Cristo. Na noite de Páscoa, renovaremos as promessas do nosso Batismo, para renascer como mulheres e homens novos por obra e graça do Espírito Santo. Entretanto o itinerário da Quaresma, como aliás todo o caminho cristão, já está inteiramente sob a luz da Ressurreição que anima os sentimentos, atitudes e opç

Por que cobrir as imagens na Quaresma?

Entenda  porque cobrimos as imagens no tempo quaresmal Este é um costume muito antigo na história da Igreja. Remonta ao século sétimo indicando um luto antecipado pela morte do Senhor. As imagens são cobertas com um tecido roxo. É uma prática facultativa.  O crucifixo é descoberto na sexta-feira   da paixão na adoração da Santa Cruz, e os santos na Vigília Pascal. Trata-se de um ato exterior que estimula um ato interior. A atitude da penitência representa pela cor roxa, o arrependimento, a conversão, a mudança de vida.  Quando se cobre as imagens a igreja nos ensina que estamos em um tempo diferente.   Além das imagens também tira se as flores do altar, silencia um pouco os instrumentos, suprime o, aleluia não se canta o glória,  e as celebrações são mais sóbrias convidando as pessoas a também cobrirem-se, mas   espiritualmente para fazerem um exame de consciência, examinarem se, e pedirem de modo especial para mudarem de caminho. Para tal mudança é preciso o arrependimento, o perdão d

Via-Sacra: Meditações e orações de São João Paulo II

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. R. Amém. PRIMEIRA ESTAÇÃO JESUS É CONDENADO À MORTE V. Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos. R. Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo. "Tu és o rei dos judeus?" (Jo 18, 33). - "A minha realeza não é deste mundo; se a minha realeza fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que Eu não fosse entregue aos judeus; mas a minha realeza não é daqui" (Jo 18, 36). Pilatos acrescentou: "Logo Tu és rei?" Jesus respondeu: - "Tu o dizes! Eu sou rei! Para isso nasci e para isto vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz". Pilatos replicou: "Que é a verdade?" Dito isto, o Procurador romano considerou encerrado o interrogatório. Foi ter com os judeus e comunicou-lhes: "Não acho n'Ele culpa alguma" (cf. Jo 18, 37-38). O drama de Pilatos está contido na pergunta: Que é a verdade? Não era uma pergunta filosófi