Pular para o conteúdo principal

Postagens

Postagem em destaque

FORMAÇÃO E DEFORMAÇÃO DO HOMEM

O texto a seguir é a transcrição adaptada e completada de uma conferência pronunciada a um grupo de rapazes católicos, na Capela Nossa Senhora da Conceição, em janeiro de 2012. Foi mantido o estilo coloquial. Introdução O meu propósito nesta conferência é tratar um problema muito sério que ocorre na vida de todos, de todas as famílias, de todos os casais. Vocês bem sabem, e não vou entrar neste detalhe, que a sociedade moderna não ataca apenas a religião e a fé, mas perverte também a natureza das coisas. No comportamento dos homens também existem distorções graves, fruto desses duzentos anos de liberalismo e dos quinhentos anos de espírito revolucionário. As transformações foram se fixando e atingiram aspectos essenciais da vida social. Assim, a tese que quero apresentar para vocês é a seguinte: “vocês não são homens”. Por que posso dizer isso? Porque a atitude geral dos homens casados não é mais uma atitude de homem. E se assim ocorre, se a maioria dos jovens casados ingressa na vida
Postagens recentes

Conheça a história de Guido: O "santo" surfista

  Guido Shäffer: testemunho de fé para a juventude Jovem carioca que estudou Medicina e colocou seus dons a serviço dos pobres. Padre Ricardo Figueiredo, autor do livro Um “santo” surfista – O servo de Deus Guido Shäffer, lançado em Portugal e no Brasil pela Paulus Editora revela a história de um de fé de um jovem brasileiro que se tornou exemplo para a juventude mundial. Um testemunho forte que pode convencer a juventude, que tantas vezes parece desorientada, anestesiada pela parafernália de computadores, celulares e outras tecnologias, e que aparenta ter perdido o gosto pela vida. Guido Schäffer pode voltar a dar horizonte a muitas vidas. “É na vida interior que se encontram as verdadeiras linhas de continuidade desta incrível história de Deus com ele. A forma como toma decisões, o modo como se dedica ao estudo da Sagrada Escritura e a naturalidade com que cita passagens de cor, a familiaridade e a amizade que tem com Deus. Tudo fala da sua vida espiritual, de um jovem que não de

Deus não erra!

"É feliz quem a Deus se confia." Salmo 1 O Senhor cuida com muito carinho de seus filhos, olha e zela com todo cuidado por cada um de nós, assim como nós zelamos pelos nossos, muitas vezes com grandes erros, Deus está a nos olhar e cuida de cada um com amor de Pai. Ele não só olha para um povo especifico assim como nós fazemos, diversas vezes percebemos, seja em nossas atitudes, seja na atitude de nosso próximo, que o cuidado com o outro é por quem temos interesse, por pessoas próximas de nós, temos uma certa escolha na hora de optarmos pela responsabilidade com a vida do nosso irmão. Mas Deus não é assim, Ele não escolhe a quem cuidar, Deus não erra, Ele cuida de todos. Quantas vezes paramos para questionar e reclamar porque certas situações tem acontecido comigo, por que a minha vida não anda, Deus não está fazendo nada, Deus não quer mais saber de mim, Ele não me ama mais, esses são questionamentos de um povo mimado e quer tudo na mão, um povo acostumado com as facilidades

Conheça Santa Gianna, a mulher que morreu para não abortar

Gianna Beretta Molla nasceu em Magenta (Milão, Itália), no dia 4 de outubro de 1922. Desde a sua primeira juventude, acolheu plenamente o dom da fé e a educação cristã recebidos dos seus pais. Essa formação religiosa ensinou-lhe a considerar a vida como um dom maravilhoso de Deus, a ter confiança na Providência e a estimar a necessidade e a eficácia da oração. Durante os anos de estudos na Universidade, enquanto se dedicava diligentemente aos seus deveres, vinculava sua fé a um compromisso generoso de apostolado entre os jovens da Ação Católica de caridade para com os idosos e para com os necessitados nas Conferências de São Vicente. Graduada em medicina e cirurgia em 1949 pela Universidade de Pavia (Itália), abre seu consultório médico em Mêsero (nos arredores de Milão), em 1950. Especializa-se em pediatria na Universidade de Milão em 1952 e, entre seus clientes, demonstra especial cuidado para com as mães, as crianças, os idosos e os pobres. Enquanto exercia sua profissão de médica,