Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2020

Finados: direção da Santa Igreja para receber Indulgência Plenária na Pandemia

O Decreto sobre as Indulgências Plenárias é válido para todo o mês de novembro, dedicado aos defuntos. O documento responde aos pedidos dos bispos a fim de evitar aglomerações por causa da pandemia de coronavírus. “Este ano, nas atuais contingências devidas à pandemia da “Covid-19”, as Indulgências Plenárias para os fiéis defuntos serão prorrogadas para todo o mês de novembro, adequando as obras e condições a fim de garantir a incolumidade dos fiéis.” É o que afirma o Decreto da Penitenciaria Apostólica sobre as Indulgências Plenárias publicado, nesta sexta-feira (23/10), assinado pelo penitencieiro-mor, cardeal Mauro Piacenza, e pelo regente do dicastério, mons. Krzysztof Nykiel, válido para todo o mês de novembro, dedicado aos defuntos. O documento responde às súplicas dos bispos que, por causa do coronavírus, pediram para “comutar as obras piedosas a fim de alcançar as Indulgências Plenárias aplicadas às almas do Purgatório, de acordo com o Manual de Indulgências”. Rezar pelos falec

6 formas de rezar no dia a dia

A vida de oração parece algo distante, custosa ou até mesmo impraticável para a maioria dos leigos. Mas isso acontece por um erro de conceito e não pela vida de oração de fato. A oração é um respiro da alma, ou como ensina Santa Teresa D’Ávila “um trato de amor com Aquele que sabemos que nos ama”.  Quanto mais nos relacionamos com Deus, mais unidos a Ele queremos estar e por isso vamos crescendo no conhecimento de nós mesmos e aborrecendo nossos defeitos e faltas. Escrevo sobre 6 meios de estarmos unidos a Deus em nosso dia a dia. 1- O motivo sobrenatural Falamos muito sobre fazer tudo por amor e santificar o trabalho, mas na prática você sabe como fazer isso? Muitas pessoas pensam que fazer tudo por amor é sentir algo. Bom, de fato pode até ser, naturalmente falando, como por exemplo quando se dá esmola e a ação foi movida por algum sentimento. Mas esse tipo de ação puramente natural e humana, apesar de ser boa, não recolhe méritos nem nos faz progredir na santidade. Por

Homilia do dia: A verdade é Invencível e Imutável

  Que bom seria nós recebermos uma carta, ou como hoje em dia um áudio no Whatsapp, falando tanta coisa boa, tanta maravilha, não para a nossa glória, mas como confirmação do servir, do nosso viver. Assim como essa carta que São Paulo mandou aos Filipenses, que carta cheia de graça, de gratidão, de alegria, que fala: "Dou graças ao meu Deus todas as vezes que me lembro de vós." É uma beleza, uma maravilha, então como é bom, quando o nosso testemunho, a nossa vida realmente alegra o coração dos nossos irmãos e irmãs, daqueles que são nossos superiores, mas acima de tudo alegra o coração de Deus, quando o nosso testemunho está indo em defesa da fé e do Evangelho. Assim como Jesus veio desfazer tantas coisas, horríveis, ridículas, hipócritas que os fariseus traziam e veio realmente dar a perfeição, trazer a perfeição. Quando Jesus ali estava se expondo, ele dizia: "é assim, é este o caminho." Nós devemos fazer o mesmo, e nos expormos por amor ao Santo  Evangelho, por d

A importância do tempo

“Falta de tempo é a desculpa da falta de método” (Heus) O melhor presente é o tempo Presente; então, é preciso aproveitá-lo bem. Mas há uma ciência em aproveitar o tempo. Não se trata de correr ao fazer as coisas, mas de não desperdiçá-lo com coisas sem sentido. Para viver bem é preciso saber usar bem o tempo; é nele que construímos a nossa vida. Cada momento de nossa existência tem consequências nesta vida e na eternidade. Por isso, não podemos ficar “matando o tempo”; pois seria o mesmo que estar matando a nossa, sua vida aos poucos. Na verdade, o tempo presente é a única dádiva que nos pertence; o passado já se foi, e o futuro a Deus pertence. Viva intensamente o presente. Tenha sempre em mente o seguinte: a pessoa mais importante é essa que está agora na sua frente; o trabalho mais importante é este que você está fazendo agora; o dia mais importante da vida é este que você está vivendo hoje; o tempo mais importante é o agora. Alguns me perguntam como consigo fazer tantas coisas; a

O homem hoje vive como se Deus não existisse

O Papa João Paulo II disse que o homem hoje “vive como se Deus não existisse”; e Bento XVI disse que “Deus foi expulso do mundo”. Como ser feliz sem o auxílio e proteção de Deus? Expulsamos Deus das famílias, das escolas, das universidades dos clubes, do comércio, das fábricas, das praças, das ruas… E queremos ser abençoados por Ele? É uma grande incoerência. Ninguém é feliz de verdade se não vive segundo as santas leis de Deus. “Feliz a nação cujo Deus é o Senhor”, grita o salmista. Deus deve ser amado e adorado sobre todas as coisas porque é o fundamento de todo o universo. Tudo o que existe fora do nada foi criado por Ele com amor, sabedoria e poder. Ele criou todas as coisas a partir do nada. Deus é Eterno, Incriado, não teve princípio e não terá fim. Deus é Onisciente, sabe tudo, nada lhe é oculto; é Onipotente, pode tudo, nada lhe é impossível; é Onipresente, está presente em todo lugar; é amor; é Pai; é Perfeitíssimo, Nele não há sombra de erro, Ele não pode se enganar e não

Você sabe quem é o Papa Francisco e porque a Igreja não caminha sem ele?

Qual a função do Papa na Igreja?    Sabemos que o Papa é o sucessor de São Pedro (não de Jesus Cristo); é o Vigário de Cristo na Terra. Cristo não tem sucessor, tem vigário. A ele Jesus deu todo o poder na Igreja para “confirmar os irmãos na fé” (Lc 22,32), é o chamado “múnus petrino”. A ele Jesus confiou as Chaves da Igreja, isso é, “o poder de abrir e fechar”; definir de maneira infalível verdades da fé (dogmas).   Jesus não lhe prometeu impecabilidade, mas infalibilidade; isto é, mesmo podendo pecar, não pode errar quando ensina a “são doutrina da salvação” (1Tm 1,10; 4,6; 2Tm 4,3; Tt 2,1). O Papa não pode errar quando decide canonizar um santo, por exemplo.   É o Papa quem escolhe o bispo de cada diocese de toda a Igreja; e só ele pode abrir novas dioceses. Só o Papa pode convocar um Concílio Ecumênico, no qual todos os bispos do mundo são convocados a se reunirem com ele.   O Papa é também um Chefe de Estado, porque desde o ano 746 o Vaticano é um país, mesmo que muito pequeno (ho

Papa Francisco fala sobre a JUVENTUDE DE JESUS em sua exortação, Christus Vivit

(...)  22. Jesus é «jovem entre os jovens, para ser o exemplo dos jovens e consagrá-los ao Senhor». [3] Por isso, o Sínodo disse que «a juventude é um período original e estimulante da vida, que o próprio Jesus viveu, santificando-a». [4]   Que nos refere o Evangelho sobre a juventude de Jesus? A juventude de Jesus 23. O Senhor «entregou o seu espírito» ( Mt  27, 50) numa cruz, quando tinha pouco mais de 30 anos de idade (cf.  Lc  3, 23). É importante tomar consciência de que Jesus foi um jovem. Deu a sua vida numa fase que hoje se define como a dum jovem adulto. Em plena juventude, começou a sua missão pública e, assim, brilhou «uma grande luz» ( Mt  4, 16), sobretudo quando levou até ao extremo o dom da sua vida. Este final não foi improvisado, mas teve uma preciosa preparação em toda a sua juventude, em cada um dos seus momentos, porque «tudo, na vida de Jesus, é sinal do seu mistério» [5] e «toda a vida de Cristo é mistério de redenção». [6] 24. O Evangelho não fala da meninice de