Pular para o conteúdo principal

Mesmo em meio a Pandemia, o dia Mundial das Missões será celebrado

No primeiro dia de outubro, mês missionário, a Congregação para a Evangelização dos Povos e os Secretariados internacionais das Pontifícias Obras Missionárias recordaram que a pandemia não fez cessar a missão da Igreja nem o caminho para o Dia Mundial das Missões.
O anúncio do Evangelho continua em todos os cantos do mundo. Os preparativos para o Dia Mundial das Missões, que foi confirmado para o dia 18 deste mês de outubro, estão em andamento nas Igrejas locais dos cinco continentes.

Missionários ao lado dos que sofrem
No início de outubro, tradicionalmente dedicado pela Igreja à obra missionária, e por ocasião (01/10) da festa de Santa Teresa de Lisieux, Padroeira das missões, o secretário da Congregação para a Evangelização dos Povos, dom Protase Rugambwa, arcebispo tanzaniano, comentou:
“Os missionários estão lá, ao lado daqueles que sofrem, ainda mais com o impacto da crise global. Este é o momento favorável para a missão: somos chamados hoje a anunciar e dar o amor de Deus, especialmente onde há sofrimento, pobreza, desespero.”
A generosidade não para
Falando do tempo de preparação para o Dia Mundial das Missões, e do compromisso garantido pelas Pontifícias Obras Missionárias (POM) no mundo inteiro, o arcebispo Rugambwa, citando a Mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Missões, intitulada “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8), recorda que “num contexto profundamente marcado pela pandemia da Covid-19, não se deve desanimar porque a missão não é fruto de capacidades humanas, mas pertence a Deus: o Espírito Santo é seu protagonista. O Senhor toma a iniciativa, enviou seu Filho Jesus Cristo e hoje envia cada batizado”.
Nas dificuldades causadas pela pandemia, no mundo inteiro, a generosidade não para. Em todos os continentes, continua o compromisso de sensibilização para a coleta especial de 18 de outubro que constituirá o Fundo de Solidariedade Universal que as Pontifícias Obras Missionárias recolhem todos os anos para levar adiante sua obra de apoio às Igrejas locais.
Em 2020 a contribuição também foi expressa através do Fundo especial de emergência criado pelo Papa junto às Pontifícias Obras Missionárias para ajudar as comunidades atingidas pela Covid-19.
África
Na África estamos nos preparando para tal com encontros e momentos de oração e formação, sem esquecer o anúncio da Palavra através da visita que muitos missionários e religiosos fazem em aldeias isoladas. O compromisso deste período é garantir uma animação missionária ainda mais presente e envolvente, sobretudo nas áreas mais remotas.
América
Nas Américas, onde o Dia Missionário tem uma tradição antiga e fecunda, o compromisso das POM é considerável na produção de material para animação, tanto em papel como compartilhado na web. Com a intensificação da campanha nas redes sociais, cresceu a consciência das paróquias, movimentos e associações para lembrar a importância da oferta pessoal, assim como a oração.
Ásia
Na Ásia, as comunidades locais, tocadas pelo vírus, mostram uma resiliência enraizada na fé: “Como os apóstolos na barca, no mar tempestuoso, digamos ao Senhor: estamos morrendo. Nesta pandemia experimentamos a presença amorosa de Cristo e elevamos louvores a Ele, porque Ele não nos abandona”, diz padre Peter Susaimanickam, sacerdote da diocese de Thanjavur, no estado indiano de Tamil Nadu. “Este é o coração do anúncio que dirigimos a todos, no mês missionário.”
Oceania
Na Oceania, o anúncio do Evangelho atravessa o “continente marítimo” e iniciativas missionárias especiais envolvem e têm como protagonistas sobretudo os jovens.
Europa
Na Europa, as diretorias nacionais dos POM prepararam material em papel e digital para ajudar as comunidades cristãs a viver também a dimensão pessoal da missão: “Eis-me aqui, envia-me!”
Em nível global, há um eco notável em termos de comunicação e mídia de massa, com campanhas reais de comunicação e graças a transmissões ao vivo pela TV e pelo rádio para 18 de outubro, como será o caso na Polônia, Espanha, Malta e Irlanda.
Oração do Terço durante o mês missionário
A oração mariana do Terço, durante todo o mês de outubro missionário, transmitida pelo rádio e nas redes sociais, será rezada em milhares de comunidades, “à distância” ou “em presença”.
Em particular, em 7 de outubro na “Rádio Maria” o “Terço mundial” será transmitido simultaneamente em todas as estações da Rádio Maria no mundo, transmitido ao vivo do santuário de Kibeho, em Ruanda (país africano situado na região dos Grandes Lagos).
O Papa: coleta missionária do terceiro domingo de outubro
As palavras do Papa em sua Mensagem ecoam no mundo inteiro: “Celebrar o Dia Mundial das Missões significa também reiterar que a oração, a reflexão e a ajuda material das vossas ofertas são oportunidades para participar ativamente na missão de Jesus na sua Igreja. A caridade manifestada nas coletas das celebrações litúrgicas do terceiro domingo de outubro tem por objetivo sustentar o trabalho missionário, realizado em meu nome pelas Pontifícias Obras Missionárias, que acodem às necessidades espirituais e materiais dos povos e das Igrejas de todo o mundo para a salvação de todos”.

Fonte: Vatican News

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver.

Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações.

Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de loucura …

Milagres de São Bento

Santa Escolástica, irmã gêmea de São Bento, testemunha o poder de Deus               Muitas pessoas perturbadas e possessas por espíritos maus, foram libertas por São Bento. Quando São Bento ordenava que os espíritos saíssem, quando estes não obedeciam, ele esbofeteava a pessoa ou a tocava forte com o cajado, mas quem sentia o golpe era o demônio. Sobre isto comenta Santa Escolástica, que por duas ocasiões viu que após alguns golpes os espíritos deixavam as pessoas como se tivessem levado uma bruta surra.
A pedra que não se movia               Havia ali também a construção uma enorme pedra, que serviu de altar para sacrifícios ao deus pagão Apolo. Tentavam os monges remove-la, mas não conseguiam. Chamaram São Bento, que percebeu que a pedra era segurada por demônios. O Santo ordenou que se retirasse, fez o Sinal da Cruz e os demônios fugiram e a pedra pode ser removia com grande facilidade.
Salva da morte São Plácido               Numa certa ocasião aconteceu que um menino chamado Plácido …

EXAME DE CONSCIÊNCIA PARA JOVENS E ADULTOS

Como se faz o exame de consciência?

Faz-se o exame de consciência trazendo à memória os pecados cometidos, a partir da última confissão bem feita. 
“Qual é a mulher, que tendo dez dracmas, e perdendo uma, não acende a candeia e não varre a casa e não procura diligentemente até que a encontre? E que, depois de a achar, não convoque as amigas e vizinhas, dizendo: Congratulai-vos comigo, porque encontrei a dracma que pinha perdido?” (Lucas 15, 8-10)

A dracma era uma moeda corrente na Judéia. A solicitude da dona de casa, apresentada na parábola do Evangelho a procurar a moeda em todos os ângulos dos quartos e das salas, é um excelente convite à nossa alma. Devemos examinar atentamente nossa consciência antes de nos aproximarmos da santa confissão. Não é possível detestar e confessar um mal sem conhece-lo. Ao passo que, o seu conhecimento, leva-nos à detestação e ao desejo de nos libertarmos dele quanto antes. O exame de consciência é, por conseguinte, a indagação atenta e cuidadosa dos p…