Pular para o conteúdo principal

10 características de quem sabe perdoar

Tantas vezes encontro com pessoas massacradas pela falta de perdão, destruídas por não conseguirem resolver, dentro de si e de suas histórias, dores de um recente ou antigo passado.
O grande inspirador deste texto e que aqui quer nos ajudar a oferecer o perdão, é o Pai Misericordioso da Parábola do Filho Pródigo (Lucas 15, 11-32). Este homem sofreu uma triste humilhação causada por seu filho mais novo, mas de uma forma impressionante sequer cogitou não perdoá-lo ou ser um pouco indiferente ou até mesmo primeiro dar uma correção para que ele aprendesse e aí então acolhê-lo, enfim. Convido você a meditar sobre esse interessante personagem da história de Jesus e fazer como ele:
1 – Generosidade: Quem se fecha em seu próprio mundo nunca poderá ver o verdadeiro mundo do outro.
2 – Observação e iniciativa amorosas: Deixar a situação cair no coração, repensar a atitude da pessoa, colocar-se no lugar dela e a partir disto, agir com amor.
3 – Esperança: Mesmo que a pessoa ainda esteja no erro e não tenha se arrependido em nada, não desacreditar jamais que ela pode mudar a si mesma e o curso dos acontecimentos.
4 – Humildade: Reconhecer que você também é passível de erros e guiado por outras circunstâncias poderia cometer a mesma atitude ou até pior.
5 – Maturidade: Superar os limites da infantilidade e do desejo egoísta de que tudo gire em torno de si.
6 – Alegria: A falta de perdão amarga a vida. Demonstrar afeto e carinho sem reservas pode surpreender aquele que, talvez, em seu erro, espera uma atitude de reprovação ou indiferença.
7 – Verdade: Encarar os fatos como realmente são e mesmo que sejam difíceis, não acumular os próprios julgamentos que deturpam a verdade.
8 – Dar o verdadeiro valor: Não resumir a pessoa ao erro. Ela não é e nunca será nivelada pelo que fez de errado, seu valor como pessoa é incalculável e imutável diante de Deus.
9 – Felicidade em recomeçar: Gerar em si e na pessoa a quem perdoo um feliz alívio em fazer tudo novo e diferente.
10 – Paciência: Dar tempo para o seu coração e para o coração da pessoa, mesmo que o perdão já tenha sido concedido. Às vezes demora um tempo para a situação se normalizar. E muitas vezes não vai voltar a ser como era antes, ao contrário, será ainda melhor pois terá passado por uma purificação de amor e perdão. “Reacostumar-se” com o “novo eu” e o “novo outro” que surgem é um belo desafio a ser vivido.
Que o Senhor te conceda o dom do perdão e, inspirado pelo Pai Misericordioso, você viva bem, viva livre, viva feliz sem pesos excessivos e desnecessários! Deus te abençoe.

Fernanda Rosetti – Consagrada da Comunidade católica Encontro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver. Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações. Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de louc

A determinada determinação de Santa Teresa D'Ávila

  Na ascese teresiana goza um papel importante a atitude decidida e totalitária de entrega a Deus. Teresa a chama “determinada determinação”, com uma frase muito sua na qual quis realçar a fortaleza e a totalidade da entrega a Deus. “Determinar-se” é começar uma nova vida; “determinada determinação” ‘’é encurtar as distâncias e fazer de tudo para não voltar atrás; é fazer uma “opção fundamental” por Cristo, como agora diremos.  A palavra-chave aparece com força na experiência teresiana nos momentos cruciais de sua vida; e a aplica também em sua pedagogia. Momento de conversão que a santa identifica com a vontade de empreender o caminho da oração: “Falando agora dos começam a ser servos do amor (que não me parece outra coisa além de nos determinarmos a seguir por este caminho ao que tanto nos amou” (V 11,1); “Pois no princípio está a maior dificuldade dos que estão determinados a buscar este bem e a realizar este empreendimento”(ib. 5). A tensão aumenta em uma passagem polêmica do Ca

ORAÇÃO DE COMBATE E TRANSFERÊNCIA DE TODO MAL

Início: Reze: “Chagas abertas coração ferido, o sangue de Cristo está entre nós e o perigo.” (3x). Reze a oração de São Bento: “A Cruz Sagrada seja a minha luz não seja o dragão o meu guia. Retira-te satanás nunca me aconselhes coisas vãs, é mau o que me ofereces, bebe tu mesmo o teu veneno.” Reze a pequena oração de exorcismo de Santo Antônio: “Eis a cruz de Cristo! Fugi forças inimigas! Venceu o Leão da tribo de Judá, A raiz de Davi! Aleluia!” Proclame com fé e autoridade: “O Senhor te confunda satã, confunda-te o Senhor.” (Zacarias 3,2) Reze: Ave Maria cheia de Graça... Oração: Eu (diga seu nome completo), neste momento, coloco-me na presença de meu Senhor, Rei e Salvador Jesus Cristo, sob os cuidados e a intercessão de minha Mãe Santíssima e Mãe do meu Senhor, a Virgem Maria, debaixo da poderosa proteção de São Miguel Arcanjo e do meu Anjo da Guarda, para combater contra todas as forças do mal, ações, ataques, contaminações, armadilhas, en