Google+ Quaresma e o cuidado da Casa comum ~ Comunidade Encontro

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Quaresma e o cuidado da Casa comum

Neste ano, 2016, motivados pela 4ª Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) que vem com o tema Casa Comum, nossa responsabilidade e o lema bíblico “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Amós 5, 24), somos interpelados em sintonia com o tempo quaresmal a uma profunda reflexão em relação as nossas atitudes e o cuidado com nossa Casa comum, o planeta Terra.
O Papa Francisco na encíclica Laudato Si (LS), destaca que no cuidado da Casa comum deve unir “toda a família humana na busca de um desenvolvimento sustentável e integral” (LS, 13), assim, a CFE 2016 objetiva refletir sobre o direito ao saneamento básico à luz da fé, por políticas públicas e atitudes responsáveis de justiça ambiental e social, como afirma o Texto-base da Campanha. “Há que se ter em mente que justiça ambiental é parte integrante da justiça social” (nº 21).

É visível que não conseguimos cuidar do meio ambiente sem mudar nossas atitudes, nosso modo de vida que por diversas vezes é desregrado. Na Quaresma, exercitamo-nos na revisão de vida e na conversão das nossas práticas religiosas e sociais, para que elas não sejam apenas manifestações formais e exteriores de religiosidade ou assistencialismo, isto é, "para serem elogiados pelos homens" (Mt 6, 2b), mas sejam a expressão de uma vida que se volta sinceramente para Deus, comprometendo-se com as questões ambientais e as necessidades básicas de nossa população.
Durante esta Quaresma, somos chamados a uma reflexão específica de exercício da caridade. E nossa resposta ao chamado deve ser: "Eis-me aqui, envia-me" (Is 6,8) para o cuidado com o planeta Terra. Lutar pelo direito e pela justiça para todos, pressupõe responsabilidade para com a nossa Casa comum. Não são simplesmente as forças da natureza que produzem o desequilíbrio climático, a crise hídrica, os desastres ambientais, mas sim as nossas estruturas econômicas e políticas. 
Convertamo-nos! Façamos deste tempo de sensibilização que perpassa durante todo o ano, um tempo em que a atenção se volte ao cuidado do planeta Terra, e nos desafios deste mundo, tornemo-nos missionários a serviço da nossa Casa Comum.

Seminarista Fernando Acácio


Site da Campanha

0 comentários: