Google+ Queremos conhecer a sua história. Testemunhe! ~ Comunidade Encontro

sábado, 7 de outubro de 2017

Queremos conhecer a sua história. Testemunhe!


No dia 25 de Setembro de 2017 nosso cofundador e pilar da Perseverança, Vander Francisco, veio a falecer depois de lutar durante 1 ano e 9 meses contra o câncer no esôfago. Ele marcou as nossas vidas e de muitas pessoas, através de pregações, orações ou simples encontros que tiveram com ele.

Sempre atuante no GOD (Grupo de Oração Daddy), Vander lutava para resgatar pessoas com depressão, dependências químicas e qualquer outro vício, era presença marcante nos presídios aonde já testemunhou muitas vezes sobre sua conversão.

Estamos recebendo alguns desses testemunhos, para a honra e glória de Deus. Por isso, queremos reunir e conhecer a sua história com o Vander também.

Você que tem uma história de conversão, cura ou graça recebida através de uma pregação, oração ou encontro com o Vander, envie para nós pelo e-mail contato@comunidadeencontro.com. Queremos conhecer seu testemunho!

Conheça o Pilar da Perseverança

Vander foi membro Consagrado perpétuo ao Carisma Encontro, nasceu no dia 26 de Janeiro de 1972. Celibatário e Chefe de Cozinha, faleceu no dia 25 de Setembro de 2017 após de uma luta de 1 ano e 9 meses contra o câncer no esôfago.

Teve uma presença marcante em nossas vidas, seu testemunho de Conversão era muito forte, o momento mais intenso dele foi no primeiro retiro Amar-te Mais em 2000, onde teve uma fortíssima experiência com o amor de Deus. 
Diante de sua história, realizou um trabalho com pessoas com dependências químicas e outras dependências também, muitos o procuravam para pedir ajuda.

Foi e sempre será modelo de perseverança para nós, pois mesmo diante das dificuldades ele nunca desistiu e sempre testemunhou que está valendo a pena. Amava cozinhar e já foi atleta de Judô.

Teve como santo de devoção São José e também foi muito próximo de São João Paulo II e Santa Teresinha do Menino Jesus. Na sua enfermidade teve grande devoção à Nossa Senhora do Sorriso a qual tinha uma imagem na cabeceira da sua cama e a levava para o hospital toda vez que internava.
Seus salmos preferidos foram o 132 e 138.

0 comentários: