Google+ Encontrei a "Jovem Rica" e vendi tudo que tinha para seguir Cristo ~ Comunidade Encontro

quinta-feira, 14 de março de 2019

Encontrei a "Jovem Rica" e vendi tudo que tinha para seguir Cristo

No desejo profundo de estar sempre aberta para o que Deus deseja me usar, hoje Ele me deu a missão de estar expondo meu testemunho nas redes sociais. Não é daqueles grandes testemunhos de que "Deus me tirou das drogas" "Deus me tirou do fundo do poço" e etc.. e por causa disso a gente nem pensa que vale a pena contar... Mas Deus me salvou de mim mesma, do meu engano próprio, me tirou de uma superficialidade na vida de oração e amizade com Ele. Eu me encontrava como o Jovem Rico ( Mateus 19, 16-22) "Ah Jesus, já cumpro seus mandamentos, já coordeno um grupo de jovens, canto na igreja,  já evangelizo como posso, me confesso regularmente, vou bem nos estudos, tenho meus amigos, minha família..." Ou seja, "faço tudo bem certinho, tá?!"
Então, depois de estar vivendo tudo isso e percebendo que esse estilo de vida me incomodava e já não me preenchia mais, Ele vem e "quebra minhas pernas" dizendo: "tudo bem, eu vejo tudo o que você faz, mas Eu quero mais" e isso mexeu profundamente comigo porque era o que minha alma tinha sede e vontade de viver, que é o novo de Deus. Neste momento era Deus encontrando a jovem rica (eu), cheia da razão, cheia das boas intenções e cheia de bens os quais a faziam viver superficialmente tudo. E foi quando depois de estar caminhando e me sentindo atraída pelo carisma da Comunidade Encontro é que Deus me fez a mesma proposta do Jovem Rico "vai vende tudo o que tens , dá aos pobres e vem e segue me" e eu diferente do Jovem Rico não resisti, haha. E disse o meu sim! 
Vim para a comunidade de vida, deixei todos os meus bens para seguir o que o Pai me pedia, deixei meu grupo, minha família, meu trabalho,  algumas pessoas se afastaram porque não entenderam minha escolha e acharam uma loucura isso de radicalidade e de viver uma vocação específica, e por fim, deixei a mim mesma, minhas vontades, meus planos.. para viver o que Deus tem pra mim, que é o que me completa. 
Entretanto, não é possível seguir Cristo sem Cruz e confesso que não tem sido nada fácil arcar com as consequências dessa decisão, às vezes muitos pensam (como eu já pensei) que seguir a Cristo é um "mar de rosas", e é aí que muitos se enganam. Tenho passado por um período doloroso por conta das renúncias necessárias, mas a alegria e realização de fazer a vontade de Deus é maior que tudo!
E já posso testemunhar que vale a pena deixar tudo o que Deus nos pede, para assim segui-Lo, porque tendo a Deus, teremos tudo! 

Sâmella Fontoura
Vocacionada da Com. Encontro

0 comentários: