Pular para o conteúdo principal

Avança processo de beatificação de bispo que atuou no Brasil

Dom Viçoso, natural de Portugal, foi nomeado Bispo de Mariana (MG) em 1843 e governou a diocese por 29 anos
O Papa Francisco recebeu nesta terça-feira, 8, o Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, Cardeal Angelo Amato, e autorizou a promulgação de alguns decretos. Dentre eles, consta a declaração das virtudes heroicas do Servo de Deus Antonio Ferreira Viçoso, da Congregação da Missão, que foi bispo de Mariana, em Minas Gerais.
Sobre Dom Viçoso
dom_vicosoNatural de Peniche, em Portugal, foi ordenado sacerdote em 1818, e chegou ao Brasil de dom João VI no ano seguinte. Inicialmente abriu o Colégio do Caraça e se dedicou ao serviço da Palavra de Deus, pregando frutuosas missões nos povoados mineiros. Ocupado depois na educação da juventude, esteve por 15 anos em Jacuecanga, entorno de Angra dos Reis.
Regressando a Minas (1837), foi eleito Superior Geral dos Lazaristas e, no ano de 1844, foi ordenado Bispo no Mosteiro de São Bento, Rio de Janeiro. Pertencia ao grupo de reformadores, que seguiam a orientação do Papa e não do Imperador, como Dom Vital de Oliveira e Dom Macedo Costa. Reformou o Seminário de Mariana, fundado em 1750, aplicando as normas do Concílio de Trento para a formação do clero.
Governou a diocese de Mariana por 29 anos: foi pastor dos pobres e órfãos, protetor dos escravos, abnegado missionário, reformador do clero, defensor dos direitos da Igreja, exemplar devoto da Virgem Maria. Seu nome não mais se apagou na memória agradecida dos mineiros. Morreu em 1875.
Dom Silvério Gomes Pimenta, seu afilhado e primeiro biógrafo, abriu seu Processo de Canonização em 1875. Há quase um século, a Cúria de Mariana vem recebendo ininterruptamente comunicações iteradas de bênçãos, graças e favores atribuídos à mediação celeste de Dom Viçoso. A maioria destas manifestações de agradecimento chega do território mineiro, mas muitas procedem de outras localidades, inclusive do exterior (Portugal, Canadá).
Dom Luciano Mendes de Almeida, falecido em 2006 e cujo processo de beatificação está em curso desde agosto de 2011, teria rezado pedindo a intercessão de Dom Viçoso para o restabelecimento, depois de grave acidente de carro sofrido em 1990.
Assim como Dom Luciano, o Venerável Dom Viçoso está também enterrado na cripta da Catedral da Sé, em Mariana.
Outros decretos
Vários outros decretos também foram autorizados pelo Papa, sendo declaradas as virtudes heróicas de:
Saturnino López Novoa, Sacerdote diocesano espanhol, Co-fundador da Congregação das irmãs Pobres dos Idosos Desamparados (1830-1905);
Giuseppe Augusto Arribat, Sacerdote professo Salesiano francês ( 1879-1963);
Maria Verônica da Paixão, monja professa carmelita, fundadora da Congregação do Carmelo Apostólico, nascida na Turquia em 1823 e falecida na França em 1906;
Elena da Persico, Fundadora do Instituto Secular das Filhas da Rainha dos Apóstolos, italiana (1869-1948);
Gaetana do Santíssimo Sacramento, italiana, primeira Superiora Geral da Congregação das Pobres Filhas de São Caetano (1870- 1935);

Marcello Candia, leigo italiano, nascido em 1916 e falecido em 1983.

Fonte: Rádio Vaticano

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver.

Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações.

Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de loucura …

Milagres de São Bento

Santa Escolástica, irmã gêmea de São Bento, testemunha o poder de Deus               Muitas pessoas perturbadas e possessas por espíritos maus, foram libertas por São Bento. Quando São Bento ordenava que os espíritos saíssem, quando estes não obedeciam, ele esbofeteava a pessoa ou a tocava forte com o cajado, mas quem sentia o golpe era o demônio. Sobre isto comenta Santa Escolástica, que por duas ocasiões viu que após alguns golpes os espíritos deixavam as pessoas como se tivessem levado uma bruta surra.
A pedra que não se movia               Havia ali também a construção uma enorme pedra, que serviu de altar para sacrifícios ao deus pagão Apolo. Tentavam os monges remove-la, mas não conseguiam. Chamaram São Bento, que percebeu que a pedra era segurada por demônios. O Santo ordenou que se retirasse, fez o Sinal da Cruz e os demônios fugiram e a pedra pode ser removia com grande facilidade.
Salva da morte São Plácido               Numa certa ocasião aconteceu que um menino chamado Plácido …

EXAME DE CONSCIÊNCIA PARA JOVENS E ADULTOS

Como se faz o exame de consciência?

Faz-se o exame de consciência trazendo à memória os pecados cometidos, a partir da última confissão bem feita. 
“Qual é a mulher, que tendo dez dracmas, e perdendo uma, não acende a candeia e não varre a casa e não procura diligentemente até que a encontre? E que, depois de a achar, não convoque as amigas e vizinhas, dizendo: Congratulai-vos comigo, porque encontrei a dracma que pinha perdido?” (Lucas 15, 8-10)

A dracma era uma moeda corrente na Judéia. A solicitude da dona de casa, apresentada na parábola do Evangelho a procurar a moeda em todos os ângulos dos quartos e das salas, é um excelente convite à nossa alma. Devemos examinar atentamente nossa consciência antes de nos aproximarmos da santa confissão. Não é possível detestar e confessar um mal sem conhece-lo. Ao passo que, o seu conhecimento, leva-nos à detestação e ao desejo de nos libertarmos dele quanto antes. O exame de consciência é, por conseguinte, a indagação atenta e cuidadosa dos p…