Pular para o conteúdo principal

Floresça o teu lar - A maternidade como dom que se aprimora

Será possível intervir propositalmente, ainda que de forma mínima, na educação dos filhos, tendo clareza dos objetivos que quero alcançar seja para curto, médio ou longo prazo? É possível projetar-me ativamente no processo educacional dos meus filhos? Quando me refiro ao processo educacional que não se pense em pedagogia ou mediações escolares, atividades de cunho informativo. Refiro-me à formação da pessoa abordando aspectos integrais tais como caráter, vontade, corpo, alma, espírito, desejo, afeto, dentre outros. Sim, é possível.Talvez, antes destas, exista ainda outra dúvida que revela um desconhecimento não planejado, ou uma desatenção despretensiosa: “Será realmente NECESSÁRIO empenhar-se de forma elaborada e bem definida para educar os filhos? Não seria isso um exagero?“.
Talvez seja esta a primeira impressão do leitor ao se dar conta de que certas famílias definem metas, condensam materiais, propõem-se ao estudo, investigam novos caminhos, partilham abertamente sobre os filhos em momentos oportunos.De uma mãe imatura, desatenta em relação às reais solicitações da maternidade, desabrochou em mim uma guerreira que, tendo encontrado seus limites, desejou superá-los com o único objetivo de AMAR MAIS. Longe de mim ter eliminado todos os desafios. Porém, o fato agora é que a cada etapa sei que eles surgem com uma roupagem nova para me confundir, e posso desenvolver estratégias para vencê-los. Como São Paulo, digo:"Não pretendo dizer que já alcancei (esta meta) e que cheguei à perfeição. Não. Mas eu me empenho em conquistá-la, uma vez que também eu fui conquistado por Jesus Cristo." (Fil 3, 12).
A dedicação amorosa à educação integral dos filhos custa, requer oração, tempo, empenho e muita, muita perseverança. É a estrutura mais eficaz do mundo de aplicação prática da teoria adquirida.Aqui não há tempo hábil entre a aquisição do conhecimento e as demandas diárias de ser mãe. O fato é que a vida e os inúmeros imprevistos atropelam a mamãe que se armou dos conhecimentos e dos conselhos dos livros. O fato é que o planejamento parece ter ido por água abaixo e nada desse mundo luminoso da maternidade se assemelha às cenas que eu presencio durante o dia.

Calma! Pode a flor nascer sem que a planta tenha suportado as demais estações? Não são apenas os filhos que são gerados nessa família. Gera-se também um pai, uma mãe. E da forma que sois gerada, gerarás também. Reconhece que esse é o seu ambiente de crescimento, de maturação, de metamorfose, de transformação. Em breve a primavera chegará e que, junto com você:  FLORESÇA O TEU LAR!O livro digital completo estará disponível para aquisição pela plataforma de compra online - Hotmart - pelo custo de R$ 16,00. Todo o valor das vendas será revertido para a Obra Encontro, nossos projetos de missão e evangelização. Assim é a Divina Providência em nossas vidas!


Fernanda Rosetti
Cofundadora da Com. Encontro




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver.

Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações.

Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de loucura …

Milagres de São Bento

Santa Escolástica, irmã gêmea de São Bento, testemunha o poder de Deus               Muitas pessoas perturbadas e possessas por espíritos maus, foram libertas por São Bento. Quando São Bento ordenava que os espíritos saíssem, quando estes não obedeciam, ele esbofeteava a pessoa ou a tocava forte com o cajado, mas quem sentia o golpe era o demônio. Sobre isto comenta Santa Escolástica, que por duas ocasiões viu que após alguns golpes os espíritos deixavam as pessoas como se tivessem levado uma bruta surra.
A pedra que não se movia               Havia ali também a construção uma enorme pedra, que serviu de altar para sacrifícios ao deus pagão Apolo. Tentavam os monges remove-la, mas não conseguiam. Chamaram São Bento, que percebeu que a pedra era segurada por demônios. O Santo ordenou que se retirasse, fez o Sinal da Cruz e os demônios fugiram e a pedra pode ser removia com grande facilidade.
Salva da morte São Plácido               Numa certa ocasião aconteceu que um menino chamado Plácido …

EXAME DE CONSCIÊNCIA PARA JOVENS E ADULTOS

Como se faz o exame de consciência?

Faz-se o exame de consciência trazendo à memória os pecados cometidos, a partir da última confissão bem feita. 
“Qual é a mulher, que tendo dez dracmas, e perdendo uma, não acende a candeia e não varre a casa e não procura diligentemente até que a encontre? E que, depois de a achar, não convoque as amigas e vizinhas, dizendo: Congratulai-vos comigo, porque encontrei a dracma que pinha perdido?” (Lucas 15, 8-10)

A dracma era uma moeda corrente na Judéia. A solicitude da dona de casa, apresentada na parábola do Evangelho a procurar a moeda em todos os ângulos dos quartos e das salas, é um excelente convite à nossa alma. Devemos examinar atentamente nossa consciência antes de nos aproximarmos da santa confissão. Não é possível detestar e confessar um mal sem conhece-lo. Ao passo que, o seu conhecimento, leva-nos à detestação e ao desejo de nos libertarmos dele quanto antes. O exame de consciência é, por conseguinte, a indagação atenta e cuidadosa dos p…