Pular para o conteúdo principal

Meu inimigo não é o irmão!

ecumenismo




"Meu inimigo não é o irmão / Não devo odiar a ninguém / Nem estou aqui pra disputar / Só porque não caminhamos do mesmo jeito"
Esse é o refrão da música "Muito prazer em te conhecer" composta por nosso fundador Clayton que estará no álbum do Ministério Encontro "Entardecer". E ela nos impulsiona a, justamente, amar os irmãos, mesmo com todas as diferenças culturais, religiosas ou de apenas na convivência. "Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares" (Ef 6, 12).

A Comunidade Encontro, como nosso próprio nome já diz, é essa promotora do ENCONTRO, seja ele em qual ocasião e situação forem necessárias, nós nascemos para encontrar. Graças a Deus, o mesmo Espírito que suscitou no coração do nosso fundador esse carisma tão apaixonante é o mesmo que conduz a Santa Igreja pastoreada por Papa Francisco que em Maio desse ano (2016) disse numa audiência privada com pastores pentecostais do mundo todo:
"O Espírito Santo cria diversidade na Igreja. A diversidade é bela, mas o próprio Espírito Santo também cria unidade, para que a Igreja esteja unida na diversidade: para usar uma palavra bonita, uma diversidade reconciliadora”.
Papa com Pastores PentecostaisNa ocasião citada acima, Francisco se reuniu com a comunidade de pentecostais da cidade ao norte de Nápoles e com 350 protestantes vindos de diversas as partes do mundo. O grupo era guiado pelo Pastor Giovanni Traettino, cuja comunidade “Igreja Pentecostal da Reconciliação, em Caserta, foi visitada pelo Papa Francisco em 28 de julho de 2014.
O encontro - realizado numa das salas do complexo projetado por Pierluigi Nervi para as audiências papais - foi caracterizado por uma viva cordialidade e espírito de oração pela unidade. Foram os próprios pastores que manifestaram o desejo de encontrar Francisco. O Papa estava acompanhado pelo Presidente do Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos, Cardeal Kurt Koch.
A visita do Papa Francisco ao Pastor em 2014 foi considerada histórica, por ser a primeira vez que um Papa viaja do Vaticano para se encontrar com um pastor protestante.
“Entre as pessoas que perseguiram os pentecostais também houve católicos, disse Bergoglio na ocasião. Eu sou o pastor dos católicos e peço perdão por aqueles irmãos e irmãs católicos que não compreenderam e foram tentados pelo diabo”.

Não pensemos que a luta pela unidade e ecumenismo cabe apenas ao Santo Padre, mas como ovelhas devemos obedecer as suas cajadadas que nos ensinam a amar. "A começar em nós" para depois mudarmos o restante do mundo.

Aqui no Brasil, em Junho ocorreu nos estúdios da TV Século 21 a gravação do DVD "Somos Um", um projeto que deseja promover a unidade dos cristãos. Além do cardeal Arcebispo Dom Orani Tempesta, do Rio de Janeiro, e do Pe Douglas Pinheiro (assessor para o diálogo ecumênico da Diocese de Osasco), participam os cantores católicos como Tony Allyson e Olívia Ferreira, entre outros. Também participa os cantores evangélicos Pr Asaph Borba e o Pr Bené Gomes.
O idealizador do projeto é Izaías Carneiro, fundador da Comunidade Coração Novo, do Rio de Janeiro. Ele trabalha há 25 anos com a Equipe de Serviço do Encontro de Cristãos em Busca da Unidade e da Santidade (ENCRISTUS). O DVD recebeu o apoio da CNBB por meio de seu representante, Dom Francisco Biasin, e do idealizador e fundador da Comunidade Canção Nova, o Monsenhor Jonas Abib.A Rede 21 disse ainda que seu objetivo é levar adiante o pedido que o papa Francisco faz à Igreja, “de pensar como família, preservando – cada um – a sua identidade e colhendo os frutos da diversidade, pela mística do amor, o qual tudo reconcilia”.
"O Caminho é um só, as dificuldades são as mesmas. / Somos todos chamados pelo nome / Vivemos em um mesmo chão / Numa mesma esperança de chegar ao céu / Por isso muito prazer em te conhecer!"
Referências:
Rádio Vaticana e Rede Século 21 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver. Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações. Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de louc

A determinada determinação de Santa Teresa D'Ávila

  Na ascese teresiana goza um papel importante a atitude decidida e totalitária de entrega a Deus. Teresa a chama “determinada determinação”, com uma frase muito sua na qual quis realçar a fortaleza e a totalidade da entrega a Deus. “Determinar-se” é começar uma nova vida; “determinada determinação” ‘’é encurtar as distâncias e fazer de tudo para não voltar atrás; é fazer uma “opção fundamental” por Cristo, como agora diremos.  A palavra-chave aparece com força na experiência teresiana nos momentos cruciais de sua vida; e a aplica também em sua pedagogia. Momento de conversão que a santa identifica com a vontade de empreender o caminho da oração: “Falando agora dos começam a ser servos do amor (que não me parece outra coisa além de nos determinarmos a seguir por este caminho ao que tanto nos amou” (V 11,1); “Pois no princípio está a maior dificuldade dos que estão determinados a buscar este bem e a realizar este empreendimento”(ib. 5). A tensão aumenta em uma passagem polêmica do Ca

EXAME DE CONSCIÊNCIA PARA JOVENS E ADULTOS

Como se faz o exame de consciência? Faz-se o exame de consciência trazendo à memória os pecados cometidos, a partir da última confissão bem feita.  “Qual é a mulher, que tendo dez dracmas, e perdendo uma, não acende a candeia e não varre a casa e não procura diligentemente até que a encontre? E que, depois de a achar, não convoque as amigas e vizinhas, dizendo: Congratulai-vos comigo, porque encontrei a dracma que pinha perdido?” (Lucas 15, 8-10) A dracma era uma moeda corrente na Judéia. A solicitude da dona de casa, apresentada na parábola do Evangelho a procurar a moeda em todos os ângulos dos quartos e das salas, é um excelente convite à nossa alma. Devemos examinar atentamente nossa consciência antes de nos aproximarmos da santa confissão. Não é possível detestar e confessar um mal sem conhece-lo. Ao passo que, o seu conhecimento, leva-nos à detestação e ao desejo de nos libertarmos dele quanto antes. O exame de consciência é, por conseguinte, a indagação at