Pular para o conteúdo principal

Bispos da Itália destinam 3 milhões de euros às unidades de saúde para enfrentar o Covid-19


A Conferência Episcopal da Itália (CEI) reforça o apoio financeiro a quem se encontra em dificuldade com a emergência do coronavírus.
As unidades de saúde na Itália que precisaram mudar integralmente a forma de organização para enfrentar a emergência do coronavírus vão receber um apoio financeiro que parte dos bispos italianos. Depois dos 10 milhões de euros para as Cáritas diocesanas e os 500 mil euros destinados às atividades do Banco Alimentar, uma verba de 3 milhões será doada às estruturas sanitárias. O valor é proveniente do imposto sobre renda, conhecido como “8xmille”, que os italianos destinam à Igreja Católica.

O destino da verba

Os bispos justificam, através de uma nota, que a decisão foi tomada depois de aceitar a sugestão da Comissão Episcopal pela Caridade e a Saúde. A verba, então, vai alcançar as atividades desenvolvidas em unidades de diferentes regiões da Itália: a Pequena Casa da Divina Providência, conhecida também como Cottolengo, em Turim, no Piemonte; a Unidade Hospitalar Cardeal Giovanni Panico, da cidade de Tricase, região da Puglia; a Associação Oásis Maria Santíssima, de Troina, na Sicília; e, sobretudo, o Instituto Hospitalar Poliambulanza, da cidade de Bréscia, na Lombardia.

O comunicado explica que o apoio financeiro é para ajudar essas unidades que, em menos de um mês, tiveram que mudar radicalmente a forma de trabalhar: “as cirurgias, as internações e todas as atividades ambulatoriais adiadas, de fato, foram suspensas, como todas aquelas privadas também. Dessa forma, foram liberados recursos humanos, quartos nos hospitais e equipamentos destinados completamente à emergência do coronavírus”. Trata-se, assim, de um total de 435 camas, das quais 68 de terapia intensiva e 70 para observação de breve intensidade no Pronto-Socorro. Uma diferença considerável, considerando que antes da crise do Covid-19, só as camas da UTI eram 16.

Proximidade a quem mais precisa
O diretor do Escritório Nacional para a Pastoral da Saúde da Conferência Episcopal da Itália, Pe. Massimo Angelelli, parabeniza “o profissionalismo dos médicos, enfermeiros, agentes de saúde e cuidadores que, com um empenho exemplar, testemunham um amor e uma dedicação a todos que precisam de tratamento”.

O presidente da Comissão Episcopal pela Caridade e a Saúde, o arcebispo Carlo Roberto Maria Redaelli, reforça o trabalho valoroso nos hospitais, afirmando que as Cáritas diocesanas “estão empenhadas na linha de frente para responder às necessidades de tanta gente. Essa contribuição financeira quer ser um sinal concreto de proximidade para que não faltem instrumentos e suportes para garantir a possibilidade de tratamento a todos”.

Ajude você também!

Além da verba destinada às unidades de saúde, os bispos italianos também abriram uma campanha para arrecadar fundos. Quem quiser contribuir, basta entrar no site oficial da Conferência Episcopal, o www.chiesacattolica.it, para ter todas as informações sobre a melhor forma de colaborar.

Fonte: Vatican News 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver.

Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações.

Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de loucura …

Milagres de São Bento

Santa Escolástica, irmã gêmea de São Bento, testemunha o poder de Deus               Muitas pessoas perturbadas e possessas por espíritos maus, foram libertas por São Bento. Quando São Bento ordenava que os espíritos saíssem, quando estes não obedeciam, ele esbofeteava a pessoa ou a tocava forte com o cajado, mas quem sentia o golpe era o demônio. Sobre isto comenta Santa Escolástica, que por duas ocasiões viu que após alguns golpes os espíritos deixavam as pessoas como se tivessem levado uma bruta surra.
A pedra que não se movia               Havia ali também a construção uma enorme pedra, que serviu de altar para sacrifícios ao deus pagão Apolo. Tentavam os monges remove-la, mas não conseguiam. Chamaram São Bento, que percebeu que a pedra era segurada por demônios. O Santo ordenou que se retirasse, fez o Sinal da Cruz e os demônios fugiram e a pedra pode ser removia com grande facilidade.
Salva da morte São Plácido               Numa certa ocasião aconteceu que um menino chamado Plácido …

EXAME DE CONSCIÊNCIA PARA JOVENS E ADULTOS

Como se faz o exame de consciência?

Faz-se o exame de consciência trazendo à memória os pecados cometidos, a partir da última confissão bem feita. 
“Qual é a mulher, que tendo dez dracmas, e perdendo uma, não acende a candeia e não varre a casa e não procura diligentemente até que a encontre? E que, depois de a achar, não convoque as amigas e vizinhas, dizendo: Congratulai-vos comigo, porque encontrei a dracma que pinha perdido?” (Lucas 15, 8-10)

A dracma era uma moeda corrente na Judéia. A solicitude da dona de casa, apresentada na parábola do Evangelho a procurar a moeda em todos os ângulos dos quartos e das salas, é um excelente convite à nossa alma. Devemos examinar atentamente nossa consciência antes de nos aproximarmos da santa confissão. Não é possível detestar e confessar um mal sem conhece-lo. Ao passo que, o seu conhecimento, leva-nos à detestação e ao desejo de nos libertarmos dele quanto antes. O exame de consciência é, por conseguinte, a indagação atenta e cuidadosa dos p…