Pular para o conteúdo principal

Mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Missões 2022

Mensagem do Papa Francisco para a próxima Jornada Missionária Mundial

Nesta quinta-feira (06/01) foi apresentada a Mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Missões 2022 com o tema “Sereis minhas testemunhas” (At 1, 8). São palavras que se encontram no último colóquio de Jesus ressuscitado com os seus discípulos, antes de subir ao Céu, como se descreve nos Atos dos Apóstolos e constituem também o tema do Dia Mundial das Missões de 2022, que, como sempre, nos ajuda a viver o fato de a Igreja ser, por sua natureza, missionária.

“Sereis minhas testemunhas” (At 1, 8)

Para ilustrar o tema o Papa se detêm em três expressões-chave que resumem os três alicerces da vida e da missão dos discípulos: “Sereis minhas testemunhas”, “até aos confins do mundo” e “recebereis a força do Espírito Santo”.

"Sereis minhas testemunhas"

Sereis minhas testemunhas: estas palavras, escreve o Papa, são "o ponto central": Jesus diz que todos os discípulos serão suas testemunhas e que "serão constituídos como tais pela graça" e "a Igreja, comunidade dos discípulos de Cristo , não tem outra missão senão evangelizar o mundo, dando testemunho de Cristo ”. Em seguida, Francisco indica que o uso do plural: "sereis testemunhas" indica "o caráter comunitário-eclesial do chamado". E ele continua:

"Todo batizado é chamado à missão na Igreja e por mandato da Igreja: portanto, a missão se realiza em conjunto, não individualmente, em comunhão com a comunidade eclesial e não por iniciativa própria. E ainda que haja alguém que em alguma situação muito particular desempenhe sozinho a missão evangelizadora, ele a realiza e deve realizá-la sempre em comunhão com a Igreja que o enviou."

"Até os confins da terra"

A missão confiada aos discípulos tem um caráter universal, estendendo-se desde Jerusalém até “os confins da terra”. E Francisco esclarece: eles “não são enviados para fazer proselitismo, mas para anunciar; o cristão não faz proselitismo”. Eles são uma imagem da Igreja "extrovertida". Por causa das perseguições em Jerusalém, os primeiros cristãos se dispersaram e "testemunharam Cristo em toda parte", o Papa observa e continua:

"Algo semelhante ainda acontece em nosso tempo. Devido à perseguição religiosa e situações de guerra e violência, muitos cristãos são forçados a fugir de suas terras para outros países. Somos gratos a esses irmãos e irmãs que não se fecham no sofrimento, mas dão testemunho de Cristo e do amor de Deus nos países que os acolhem."

Ir "até aos confins da terra", continua o Papa, é uma indicação de que "terá de interrogar os discípulos de Jesus de todos os tempos":

"A Igreja de Cristo foi, é e estará sempre "saindo" para novos horizontes geográficos, sociais, existenciais, para "confinar" lugares e situações humanas, para dar testemunho de Cristo e de seu amor a todos os homens e mulheres  de todos povos, culturas, estados sociais. Neste sentido, a missão será sempre também «missio ad gentes», como nos ensinou o Concílio Vaticano II, porque a Igreja terá sempre de ir mais longe, para além das suas fronteiras, para testemunhar todo o amor de Cristo ."

"Você receberá a força do Espírito Santo"
Diante de tamanha responsabilidade, Jesus também promete a seus seguidores a graça do sucesso: o Espírito Santo lhes dará força e sabedoria. Sem o Espírito, nenhum cristão será capaz de dar testemunho pleno de Cristo:
"Portanto, todo discípulo missionário de Cristo é chamado a reconhecer a importância fundamental da ação do Espírito, a viver com ele na vida cotidiana e a receber constantemente força e inspiração d'Ele. Ao Espírito Santo na oração, que - quero voltar a sublinhar - tem um papel fundamental na vida missionária, para nos deixarmos refrescar e fortalecer por Ele, fonte divina inesgotável de novas energias e de alegria de partilhar a vida de Cristo com os outros."
Uma Igreja inteiramente missionária
Por fim, o Papa menciona o Beato Paolo Manna que, nascido há 150 anos, fundou a atual Pontifícia União Missionária, e deseja que as Igrejas locais encontrem em todas estas obras um valioso auxílio “para alimentar o espírito missionário”. Em seguida, ele conclui, lembrando Maria como Rainha das Missões:
"Queridos irmãos e irmãs, continuo a sonhar com a Igreja plenamente missionária e com um novo tempo de ação missionária para as comunidades cristãs. E repito o desejo de Moisés para o povo de Deus em seu caminho: "Oxalá fossem todos profetas no povo do Senhor!". Sim, éramos todos nós na Igreja o que já somos pelo batismo: profetas, testemunhas, missionários do Senhor! Com o poder do Espírito Santo e até os confins da terra."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver. Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações. Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de louc

EXAME DE CONSCIÊNCIA PARA JOVENS E ADULTOS

Como se faz o exame de consciência? Faz-se o exame de consciência trazendo à memória os pecados cometidos, a partir da última confissão bem feita.  “Qual é a mulher, que tendo dez dracmas, e perdendo uma, não acende a candeia e não varre a casa e não procura diligentemente até que a encontre? E que, depois de a achar, não convoque as amigas e vizinhas, dizendo: Congratulai-vos comigo, porque encontrei a dracma que pinha perdido?” (Lucas 15, 8-10) A dracma era uma moeda corrente na Judéia. A solicitude da dona de casa, apresentada na parábola do Evangelho a procurar a moeda em todos os ângulos dos quartos e das salas, é um excelente convite à nossa alma. Devemos examinar atentamente nossa consciência antes de nos aproximarmos da santa confissão. Não é possível detestar e confessar um mal sem conhece-lo. Ao passo que, o seu conhecimento, leva-nos à detestação e ao desejo de nos libertarmos dele quanto antes. O exame de consciência é, por conseguinte, a indagação at

A determinada determinação de Santa Teresa D'Ávila

  Na ascese teresiana goza um papel importante a atitude decidida e totalitária de entrega a Deus. Teresa a chama “determinada determinação”, com uma frase muito sua na qual quis realçar a fortaleza e a totalidade da entrega a Deus. “Determinar-se” é começar uma nova vida; “determinada determinação” ‘’é encurtar as distâncias e fazer de tudo para não voltar atrás; é fazer uma “opção fundamental” por Cristo, como agora diremos.  A palavra-chave aparece com força na experiência teresiana nos momentos cruciais de sua vida; e a aplica também em sua pedagogia. Momento de conversão que a santa identifica com a vontade de empreender o caminho da oração: “Falando agora dos começam a ser servos do amor (que não me parece outra coisa além de nos determinarmos a seguir por este caminho ao que tanto nos amou” (V 11,1); “Pois no princípio está a maior dificuldade dos que estão determinados a buscar este bem e a realizar este empreendimento”(ib. 5). A tensão aumenta em uma passagem polêmica do Ca