Pular para o conteúdo principal

Novena de Natal

 

“A Esperança não decepciona, ela se torna uma Pessoa: O amor se dá a conhecer!”

(Novena de natal, 16 a 24 de dezembro - Fazer diante de um presépio)

1º dia – Esperando com Maria

Oração inicial: Virgem Mãe, estamos começando a nos preparar para o Natal de teu Filho. Queremos estar contigo para acompanhar-te nestes últimos dias de tua gestação. Para compartilhar contigo a alegria e o gozo que sentes nesses momentos, e assim aprender de ti como corresponder ao Senhor, como atuar de acordo com a sua vontade, para que possamos encontrar em teu Filho a alegria e a paz, o gozo e a plenitude da vida que somente Ele nos pode dar. Maria, interceda por cada um de nós, pede a teu Filho para que nos ajude a viver estes dias com a esperança que tiveste Tu nesses momentos santos. Amém.

Leitura: Lucas 1, 46-56

Partilha sobre a leitura.


Oração final: “Nossa Senhora, quero aprender com a Senhora como ser puro e humilde de coração.

Que eu tenha os olhos puros - para que Jesus possa olhar através deles.

Que eu tenha a língua pura - para que Jesus possa falar com minha língua.

Que eu tenha as mãos puras - para que Jesus possa trabalhar com as minhas mãos.

Que eu tenha a mente pura - para que 

Jesus possa pensar seus pensamentos em minha mente.

Que eu tenha o coração puro - para que Ele possa amar com o meu coração.

Peço a Jesus para viver minha própria vida em mim como a Virgem Maria o fez.”

(St. Teresa de Calcutá)

 

Ave-Maria...

Gesto concreto: Desapegar-se de algum item pessoal


2º dia – Esperando com José

 

Oração inicial: Querido São José, queremos caminhar contigo nestes dias que antecedem o nascimento do teu menino. Queremos contemplar sua figura paterna, cuidadosa, obediente e cheia de amor para com sua família e aprender contigo as mais belas virtudes de santidade para podermos imitá-lo e corresponder ao chamado de Deus em nossas vidas, mesmo que ainda não tenhamos certezas ou seguranças, que ao teu exemplo, caminhemos na esperança. Interceda por nós para que vejamos além e possamos provar as maravilhas de Deus e vê-las diante de nossos olhos assim como você as pôde ver. Amém

Leitura: Mateus 1, 18 – 25

 

Partilha


Oração final: São José, meu patrono, pai adotivo de Jesus, já dizia Santa Teresa de Ávila, tua muito devota que “...por São José ter sido submisso a Jesus na terra, na qualidade de pai adotivo, ele tem no céu todos os seus pedidos atendidos.”, e é nesta confiança que viemos pedir a graça de crescer em amor pois este é o bem mais precioso de nossas vidas e a aspiração mais profunda de nossos corações. Amar, amar e amar. Amar hoje, amar sempre. Atenda-nos São José e conceda-nos este favor. 

Ave- Maria...

Gesto concreto: Ligar para algum familiar seu ou visitá-lo se for possível.


3º dia – Esperando com o povo de Deus

Oração inicial: Senhor Deus, queremos ver sua face revelada na história. Tu és o Deus de todos os tempos, de todas as gerações, de toda a esperança, de todas as lutas e vitórias. Tu és o Deus que desde sempre se mostra em amor e sustenta seu povo. Chegou a hora, Senhor, chegou o tempo em que as distâncias serão ainda mais encurtadas, nossa carne pecadora será redimida pela salvação que toca nossa terra. Chegou o tempo do Messias e Ele vem para salvar, salvar-nos pelo amor! Queremos ver Deus e eis que os tempos nos indicam que Ele está chegando. Maranathá! 

Leitura: Mateus 1, 1-17

 

Partilha

 

Oração final: Jesus, nosso Messias esperado, aguardamos-te com toda a esperança de nossos corações. Queremos te pedir que passe também pela história de nossas vidas, pela história de nossa comunidade, revelando-se quem és e de que forma também nós, a partir de ti, podemos ser. Não basta apenas crermos em tua encarnação, em teu nascimento, em tua vida, queremos vivê-la, experimentá-la, possuí-la e até mesmo comungá-la todos os dias. Tu és Jesus, nossa vida! Aguardamos-te com confiança. Transforma-nos em ti. Que nossas vidas sejam também AMOR.

Ave- Maria...

Gesto concreto: Dedicar um tempo de seu dia para ouvir alguém. 


4º dia – Esperando com os cristãos

Oração inicial: Senhor Deus, és grande e sua misericórdia é eterna. Sois infinito e isso nos faz lembrar o quão limitados somos. Recorda-nos também que não nascemos para viver sós, o Senhor desejou que amássemos uns aos outros e vivêssemos em ajuda mútua e fraternidade, como irmãos, filhos do mesmo Pai. Que seu olhar amoroso nos ensine a olhar a todos os nossos irmãos também de forma digna e amorosa e assim possamos aguardar juntos com jubilosa esperança a chegada do menino Deus.

Leitura: Lucas 1, 68-79

Partilha

Oração final: Jesus, assumiste nossa condição humana para nos falar de proximidade. Vieste como criança para abater nossa soberba. Vieste pobre para ensinar-nos a humildade. Queremos nos aproximar dos nossos irmãos, queremos abater o nosso orgulho e a nossa soberba que nos coloca em posição de julgamento, queremos aprender contigo a santa humildade para fazer-nos tudo para todos e nos unirmos a todos, irmos ao encontro de todos expressando-nos na sua linguagem, Jesus, que é AMOR. 

Ave- Maria... 

Gesto concreto: Praticar uma obra de misericórdia.



5º dia – Esperando com minha família

Oração inicial: Deus de amor e de bondade, que ao criar o homem e a mulher os desejaste profundamente e mais do que todas as criaturas pois os criaste a vossa imagem e semelhança, ajudai-nos a reconhecer-nos membros dessa grande família cujo Pai sois vós. Que creiamos sempre nessa união e na força do amor que jorra dela. Ajudai-nos a resgatar a esperança uns nos outros. Que nunca desacreditemos daqueles que amamos. Que possamos botar fé nos membros de nossa família, amando-os, perdoando-os, confiando sempre neles. Que nos abramos para que as vocações surjam de nossas famílias.

Leitura: Salmo 127

 

Partilha

 

Oração final: Jesus, vemos-te feliz e desejoso em morar na terra no seio de uma família. Ao lembrarmos de ti envolvido neste presépio pelos olhares encantados de José e Maria, temos certeza que a família é plano de Deus. Fazei que assumamos nossa identidade de família e nosso papel como membros dela. Que os pais saboreiem a deliciosa aventura da paternidade a cada desafio que esta os apresentar. Que as mães possam nutrir o seio familiar e o sustentem com alegria e esperança. Que os filhos tenham consciência de seu chamado ao bem e possam encontrar um ambiente propício para seu crescimento. Vinde morar em nossos lares Jesus! Vinde depressa.

Ave- Maria...


Gesto concreto: Preparar algum detalhe de Natal em sua casa ou para alguém que mora com você.



6º dia – Esperando com minha comunidade

Oração inicial: Deus, clarão que desfaz todas as trevas; fonte de todo bem que dissipa todo o mal; fonte de toda luz que penetra em tudo, chega a todos; Deus de infinita grandeza que criastes tudo o que há de mais belo, de maior, Senhor que sois tão imenso vens falar ao homem! O Natal do teu Filho, ó Pai, é uma prova concreta de que só o amor é capaz de, mesmo sendo tão grande, fazer-se pequeno para ser tocado por todos. Este é o Deus que habita minha comunidade. Louvado seja para sempre!

Leitura: Salmo 8

Partilha

 

Oração final: Jesus, amor feito homem, eu e minha comunidade te esperamos. Acreditamos que tu vives conosco, que nos deste um chamado, que nos reuniste como irmãos. Não escolhemos estes irmãos, mas o amor fraterno nos impulsiona a sermos família, a amarmos do teu jeito, a habitarmos numa terra desconhecida que é o coração do nosso irmão, assim como tu fizeste vindo à nossa terra. Esperamos juntos com toda a confiança a tua vinda. Teu nascimento confirma nosso carisma, nosso chamado, nossa missão. Aqui, diante deste presépio entendemos que nossa vocação é o amor. Nascemos para ser uma família e nos doarmos uns aos outros!

 

Ave-Maria…


Gesto concreto: Servir de alguma forma, ajudar algum conhecido seu que esteja precisando.



7º dia – Esperando com os anjos

Oração inicial: Deus eterno, adorado sejas no céu e na terra! Hoje queremos nos cercar da presença e da esperança dos anjos que conosco e com toda a Igreja Celeste aguardam ansiosamente a chegada do teu Filho Jesus. Esses amigos do céu são cumpridores da vossa vontade, mensageiros da vossa palavra, guardas do vosso povo, servidores fiéis da vossa promessa, adoradores da vossa glória. Queremos, ó Deus, fazer parte desta festa angélica na esperança de ver vosso rosto refletido na nossa história mais uma vez e por nossa parte, refleti-lo na vida de nossos irmãos mais necessitados de uma presença amiga. Que sejamos anjos para estes assim como os anjos o são para nós.

Leitura: Lucas 1, 26-38

 

Partilha


Oração final: 

Glorioso Guardião de minh'alma,
Tu que brilhas lá no céu,
Como pura e doce chama
Ao lado do trono do Eterno,
Tu, por mim desces à terra
E com tua luz me iluminas,
Tornando-te meu irmão,
amigo e consolador.

Conhecendo-me a fraqueza,
Tu me diriges pela mão.
E te vejo, com ternura,
Tirar pedras do caminho.
Tua doce voz me convida
A sempre olhar para o céu;
Mais me vês pequena e humilde,
Mais esplendor tens na fronte.

Ó tu que cruzas o espaço
Mais veloz do que os relâmpagos,
Peço-te, em meu lugar,
Voa até aqueles que amo!
Com as asas seca seu pranto,
Canta que Jesus é bom
E que a dor tem seus encantos
E sussurra-lhes meu nome...

Quero, nesta curta vida,
Salvar irmãos pecadores;
Ó meu belo anjo do céu,
Dá-me teus santos ardores.
Só tenho meus sacrifícios
E minha austera pobreza:
Com os teus gozos celestes
Oferece-os à Trindade. (Oração ao anjo da guarda – Santa Teresinha do Menino Jesus)

Ave-Maria...

 

Gesto concreto: Interceder (ser o anjo intercessor) por alguém este dia.



8º dia – Esperando em meu coração

Oração inicial: Deus meu, a espera é feliz. A esperança faz aumentar o amor. A esperança forma-me, educa-me, faz-me crescer. A esperança torna meu coração dócil, agradecido, ela me ensina a reconhecer o quanto sois bom. O quanto sois capaz de me surpreender de amor a cada momento. A esperança me faz acreditar e aguardar aquilo que para mim era impossível. Ajuda-me ó Deus a cultivar a esperança em minha vida. Que eu abrace tudo o que vós me prometestes e já ame antes mesmo de possuí-lo. Eu espero DEUS. Eu espero EM DEUS. 

Leitura: Romanos 8, 18- 27

 

Partilha

 

Oração final: Jesus, ao me aproximar dessa "Noite Feliz", em que os meus olhos verão a salvação prometida a todos os povos, alegro-me muito. Descobri que a Vida virá até mim oferecer-me vida em abundância e ensinar-me a viver. Eu te amo meu pequeno menino. O que aprendi olhando pro presépio em oração ao longo destes dias de novena, escola nenhuma poderia me ensinar. Vem morar em meu coração.

 

Ave-Maria...


Gesto concreto: Viver uma motivação/moção diferente em suas orações diárias (Terço, Adoração...) voltada para esse encontro consigo mesmo.



9º dia – A Esperança não decepciona, ela se torna uma Pessoa: O amor se dá a conhecer!

Colocar a imagem do menino Deus no presépio. 


Oração inicial: Oração livre em silêncio (Que este momento seja de oração e recolhimento, onde cada um coloque sua própria vida nas mãos do Menino Deus).

Leitura: I João 4, 7-10

Partilha

Oração final: Senhor, é hoje a Noite Feliz. Há muito movimento, muitos preparativos, há ambiente de festa. Hoje é Noite Feliz, nossa esperança se encarnou! Nossa esperança é Deus! Hoje, é um dia do qual não podemos nos esquecer, porque é a manifestação mais plena de que tu és um Deus amigo, alguém presente em nossa vida, que se interessa por nós, que nos ama com amor infinito, até querer ser um de nós. Sim, Senhor, hoje é a festa do amor e da fidelidade, é a tua festa, porque tu nos deste a vida, vindo viver nossa vida. Que entoemos nossos hinos de glória e louvor, pois “Nasceu para nós um menino e um Filho nos foi dado, abateu-se o jugo que pesava sobre nós” (Is 9, 5)

Cantar um hino de louvor.

Ave-Maria...

Gesto concreto: Neste dia surpreenda, fique livre para fazer aquilo que a alegria do Natal te motiva.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver. Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações. Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de louc

Milagres de São Bento

Santa Escolástica, irmã gêmea de São Bento, testemunha o poder de Deus               Muitas pessoas perturbadas e possessas por espíritos maus, foram libertas por São Bento. Quando São Bento ordenava que os espíritos saíssem, quando estes não obedeciam, ele esbofeteava a pessoa ou a tocava forte com o cajado, mas quem sentia o golpe era o demônio. Sobre isto comenta Santa Escolástica, que por duas ocasiões viu que após alguns golpes os espíritos deixavam as pessoas como se tivessem levado uma bruta surra. A pedra que não se movia               Havia ali também a construção uma enorme pedra, que serviu de altar para sacrifícios ao deus pagão Apolo. Tentavam os monges remove-la, mas não conseguiam. Chamaram São Bento, que percebeu que a pedra era segurada por demônios. O Santo ordenou que se retirasse, fez o Sinal da Cruz e os demônios fugiram e a pedra pode ser removia com grande facilidade. Salva da morte São Plácido               Numa certa ocasião aconteceu que um meni

EXAME DE CONSCIÊNCIA PARA JOVENS E ADULTOS

Como se faz o exame de consciência? Faz-se o exame de consciência trazendo à memória os pecados cometidos, a partir da última confissão bem feita.  “Qual é a mulher, que tendo dez dracmas, e perdendo uma, não acende a candeia e não varre a casa e não procura diligentemente até que a encontre? E que, depois de a achar, não convoque as amigas e vizinhas, dizendo: Congratulai-vos comigo, porque encontrei a dracma que pinha perdido?” (Lucas 15, 8-10) A dracma era uma moeda corrente na Judéia. A solicitude da dona de casa, apresentada na parábola do Evangelho a procurar a moeda em todos os ângulos dos quartos e das salas, é um excelente convite à nossa alma. Devemos examinar atentamente nossa consciência antes de nos aproximarmos da santa confissão. Não é possível detestar e confessar um mal sem conhece-lo. Ao passo que, o seu conhecimento, leva-nos à detestação e ao desejo de nos libertarmos dele quanto antes. O exame de consciência é, por conseguinte, a indagação at