Google+ Crescer no Espírito e na fé ~ Comunidade Encontro

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Crescer no Espírito e na fé

A fé me leva ao verdadeiro sentido de minha vida. Minha vida tem que ser conduzida pelo Espírito Santo e com responsabilidade de mudar e crescer sempre pra nunca dizer que é assim mesmo com apegos, desejos que são alimentados diariamente.
Aquele que caminha na fé despoja-se e tem sentido sua vida. Ele também é livre, é feliz, sorri mais e sempre. Ele descobre que há  uma alma e busca as coisas do alto, e com certeza vive melhor, pois quem tem fé, uma religião supera os obstáculos.
A fé nos leva a partilha, comunhão, nos liberta do egoísmo, da distância e nos faz sair de nós mesmos. E quando é vivida de verdade com compromisso, colocando o EVANGELHO em prática, vivendo para o outro com renúncias de si mesmo nos faz feliz.
Essa é a vontade de DEUS para nós: que cresçamos no Espírito e na fé para descobrirmos a beleza de uma humanidade que não acaba na morte, pois há uma eternidade. Isso é maravilhoso. Fingir que crer é pior do que não crer. É um risco, isso é um perigo. Minha vida não é uma pequenez horrível, mas pela fé posso mudar, pois sou grande e capaz de mudar tudo. Existem medos que querem matar minha fé, não posso ter medo da fé, medo das regras de minha Comunidade. Esses medos não me fazem criar raízes, mas desconfiar de meus irmãos, do meu fundador e pode matar o carisma por defesa de minhas vontades.

Há algo maravilhoso que é avançar, não ficar na margem, mas ir além, ser feliz, amar sem medo com amor, doação. Eu preciso sair do controle logo, ouvir CRISTO, deixar o que me prende, as coisas, pra ter um sentido de vida e suportar as dores. Meus DEUS, eu quero isso, chega por hoje, tira-me do lugar SENHOR. Pede-me JESUS o que quiseres, eu aceito deixar agora, fala-me CRISTO. Não dá mais pra voltar, não dá mais pra negar, o mar é DEUS e o barco sou eu. Sensibiliza-me JESUS, torna-me dócil a TI pra nunca mais ser o mesmo. Agora eu sei que cresci, deixo-me moldar por TI pra sempre.

0 comentários: