Pular para o conteúdo principal

Conheça curiosidades que o Papa Emérito conta no Livro “Bento XVI: últimas conversas”

O livro-entrevista, “Bento XVI: últimas conversas”, escrito pelo jornalista alemão Peter Seewald, destaca as etapas a vida do Papa Emérito, Bento XVI desde a infância na Alemanha até a renúncia ao papado em 2013.
Sendo o primeiro Papa a fazer um balanço de seu Pontificado, o livro conta, por exemplo, quais os motivos levaram Bento XVI a pedir renúncia.
De acordo com informações do Jornal "Corriere della Sera", único autorizado a publicar trechos do livro, Bento XVI fala da vida antes de ser papa, do pontificado, da eleição de Francisco e a preparação para a morte.
Confira 04 curiosidades que o Papa Emérito conta no livro:
- Particularidades de Bento XVI
O livro revela curiosidades como o hábito de escrever somente a lápis e não com tinta. Na juventude ele era um amante da bicicleta, mas ele deixou quando se tornou bispo. Desde 1997 ele tem um marca-passo e é praticamente cego do olho esquerdo.
Ao analisar seu pontificado Bento XVI fala do seu ponto fraco, mas não se considera fracassado. “O governo prático não é meu ponto forte e este é certamente um ponto fraco. Mas eu não consigo me ver como um fracasso”.
- Renúncia em latim
Bento XVI escreveu sua renúncia algumas semanas antes do anúncio oficial e o texto foi escrito em Latim. “Escrevi em Latim, porque uma coisa tão importante tem que ser em Latim”.
A renúncia de Bento XVI gerou comentários que o então Papa estava sendo chantageado para renunciar, isso não aconteceu. “Ninguém tentou me chantagear. Eu não teria ainda permitido [...]. Também não é verdade que fiquei desapontado ou algo assim. Na verdade, graças a Deus, eu estava no humor calmo das pessoas com mais dificuldade”
- A eleição de Francisco
Para Bento XVI a eleição de Francisco foi uma surpresa, mas um entusiasmo imediato. “Eu o conhecia , é claro, mas eu não pensei sobre ele. Neste sentido, foi uma grande surpresa. Mas , em seguida, a maneira como ele orou e falou aos corações das pessoas imediatamente acendeu o entusiasmo. Seu calor, sua atenção para outros são aspectos que eu não tinha conhecido. Por isso, foi uma surpresa [...]”
- Preparação para a morte
Aos 90 anos o Papa Emérito já afirmava que vivia em oração e se preparando para estar na presença de Deus. “Devemos nos preparar para a morte. Não no sentido de fazer certos atos, mas para viver preparando para passar o último exame diante de Deus. Para deixar este mundo e encontrar-se diante Dele e aos santos, aos amigos e inimigos. Digamos, aceitar a finitude da vida e começar uma viagem para chegar à presença de Deus. Eu tento fazer sempre a pensar que o fim se aproxima. Eu estou tentando me preparar para esse tempo e estão mantendo isso em mente. O importante é não imaginar, mas viver na certeza de que toda a vida tende a esta reunião”.
O livro de 240 páginas foi traduzido em seis línguas: alemão, francês, polonês, espanhol, inglês e italiano.

Fonte: A12.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver. Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações. Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de louc

Milagres de São Bento

Santa Escolástica, irmã gêmea de São Bento, testemunha o poder de Deus               Muitas pessoas perturbadas e possessas por espíritos maus, foram libertas por São Bento. Quando São Bento ordenava que os espíritos saíssem, quando estes não obedeciam, ele esbofeteava a pessoa ou a tocava forte com o cajado, mas quem sentia o golpe era o demônio. Sobre isto comenta Santa Escolástica, que por duas ocasiões viu que após alguns golpes os espíritos deixavam as pessoas como se tivessem levado uma bruta surra. A pedra que não se movia               Havia ali também a construção uma enorme pedra, que serviu de altar para sacrifícios ao deus pagão Apolo. Tentavam os monges remove-la, mas não conseguiam. Chamaram São Bento, que percebeu que a pedra era segurada por demônios. O Santo ordenou que se retirasse, fez o Sinal da Cruz e os demônios fugiram e a pedra pode ser removia com grande facilidade. Salva da morte São Plácido               Numa certa ocasião aconteceu que um meni

EXAME DE CONSCIÊNCIA PARA JOVENS E ADULTOS

Como se faz o exame de consciência? Faz-se o exame de consciência trazendo à memória os pecados cometidos, a partir da última confissão bem feita.  “Qual é a mulher, que tendo dez dracmas, e perdendo uma, não acende a candeia e não varre a casa e não procura diligentemente até que a encontre? E que, depois de a achar, não convoque as amigas e vizinhas, dizendo: Congratulai-vos comigo, porque encontrei a dracma que pinha perdido?” (Lucas 15, 8-10) A dracma era uma moeda corrente na Judéia. A solicitude da dona de casa, apresentada na parábola do Evangelho a procurar a moeda em todos os ângulos dos quartos e das salas, é um excelente convite à nossa alma. Devemos examinar atentamente nossa consciência antes de nos aproximarmos da santa confissão. Não é possível detestar e confessar um mal sem conhece-lo. Ao passo que, o seu conhecimento, leva-nos à detestação e ao desejo de nos libertarmos dele quanto antes. O exame de consciência é, por conseguinte, a indagação at