Pular para o conteúdo principal

Bispos dos EUA exortam Biden a rejeitar o aborto após “perturbadora” declaração


A Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB) exortou o presidente Joe Biden a rejeitar o aborto e a promover o direito à vida, após sua declaração "profundamente perturbadora", de 22 de janeiro, no aniversário da decisão Roe vs. Wade que legalizou o aborto no país em 1973.

“Exortamos firmemente o presidente a rejeitar o aborto e a promover a ajuda em favor das mulheres e das comunidades necessitadas”, indicou Dom Joseph Naumann, Arcebispo de Kansas City e chefe do Comitê de Atividades Pró-Vida da USCCB.

“É profundamente perturbador e trágico que um presidente elogie e se comprometa em codificar uma sentença da Suprema Corte que nega aos nascituros seu direito civil mais básico, o direito à vida sob o eufemismo de serviço de saúde”, indicou o Prelado.

Foi assim que os bispos responderam à declaração de Biden e Kamala Harris, a vice-presidente, que indicou que "a administração Biden-Harris está comprometida em codificar Roe vs. Wade, assim como em nomear juízes que respeitem precedentes fundacionais como Roe".

A declaração de Biden e Harris não menciona especificamente o aborto, mas usa termos como "saúde reprodutiva" e "cuidados de saúde", que costumam incluí-lo.

“Nos últimos quatro anos, a saúde reprodutiva, incluindo o direito a escolher, esteve sob ataques extremos e impiedosos. Como o governo Biden-Harris começa em um momento crítico, agora é o momento de nos dedicarmos novamente a garantir que todos os indivíduos tenham acesso aos cuidados de saúde de que precisam”, indica a declaração presidencial.

Os bispos destacaram que a sentença Roe vs. Wade não constitui um “avanço nos direitos e na saúde das mulheres” e lembraram que um católico não pode favorecer o aborto, fazendo alusão ao catolicismo declarado por Biden, que citou Santo Agostinho em seu discurso inaugural e colocou uma foto do Papa Francisco no salão oval da Casa Branca.

Em seu comunicado, Dom Naumann destacou a importância do ensinamento da Igreja sobre o aborto.

“Aproveito esta oportunidade para recordar aos católicos que o Catecismo o estabelece: ‘Desde o século I, a Igreja afirmou a maldade moral de todo aborto provocado. Este ensinamento não mudou. Continua invariável'”, disse o Prelado.

“As autoridades públicas são responsáveis ​​não apenas por suas crenças pessoais, mas pelos efeitos de suas ações públicas. A sentença Roe elevou o aborto à categoria de direito protegido assim como à eliminação das restrições estatais que prepararam o caminho para a morte violenta de mais de 62 milhões de nascituros inocentes, assim como para inúmeras mulheres que experimentaram a dor da perda, o abandono e a violência”, continuou o Arcebispo.  

O presidente da Franciscan University of Steubenville, Pe. Dave Pivonka, disse por sua vez que o pronunciamento de Biden e Harris foi uma "declaração agressiva pró-aborto".

“É triste para os católicos em todo o mundo. As políticas que prometeram são prejudiciais à dignidade da pessoa humana e contrárias aos ensinamentos da Igreja”, frisou.

O Papa Francisco disse em várias ocasiões que o aborto faz parte da "cultura do descarte" e que recorrer a essa prática é como contratar "um matador de aluguel" para "resolver um problema". No entanto, diferentes ativistas do aborto nos Estados Unidos tentam enfatizar que o Santo Padre não enfrentou o tema diretamente, ao contrário de muitos bispos norte-americanos.

No dia da posse de Biden, o presidente do Episcopado dos Estados Unidos e Arcebispo de Los Angeles, Dom José Gomez, disse que reza pelo novo presidente e destacou algumas áreas de acordo e desacordo com o presidente.

“Nós, bispos católicos, não somos atores partidários ativos na política de nossa nação”, disse Dom Gomez em sua mensagem. “Somos pastores responsáveis ​​pelas almas de milhões de norte-americanos e defensores das necessidades de todos os nossos próximos, frisou.

“Para os bispos da nação, a contínua injustiça do aborto continua sendo a 'prioridade preeminente'. Embora preeminente, não significa "única". Temos uma preocupação profunda com as muitas ameaças à vida e à dignidade humanas em nossa sociedade”, disse.

Os bispos dos Estados Unidos se aproximarão a Biden com o objetivo de iniciar "um diálogo para abordar os complicados fatores culturais e econômicos que motivam o aborto e desencorajam as famílias".

Fonte: acidigital.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para se libertar da Dependência Afetiva

Senhor Jesus Cristo, reconheço que preciso de ajuda. Cedi ao apelo de minhas carências e agora sou prisioneiro desse relacionamento. Sinto-me dependente da atenção, presença e carinho dessa pessoa. Senhor, não encontro forças em mim mesmo para me libertar da influência dessas tentações. A toda hora esses pensamentos e sentimentos de paixão e desejo me invadem. Não consigo me livrar deles, pois o meu coração não me obedece. A tentação me venceu. E confesso a minha culpa por ter cedido às suas insinuações me deixando envolver. Mas, neste momento, eu me agarro com todas as minhas forças ao poder de Tua Santa Cruz. Jesus, eu suplico que o Senhor ordene a todas as forças espirituais malignas que me amarram e atormentam por meio desses sentimentos para que se afastem de mim juntamente com todas as suas tentações. Senhor Jesus, a partir de agora eu não quero mais me deixar arrastar por esses espíritos de impotência, de apego, de escravidão sentimental, de devassidão, de adultério, de louc

Milagres de São Bento

Santa Escolástica, irmã gêmea de São Bento, testemunha o poder de Deus               Muitas pessoas perturbadas e possessas por espíritos maus, foram libertas por São Bento. Quando São Bento ordenava que os espíritos saíssem, quando estes não obedeciam, ele esbofeteava a pessoa ou a tocava forte com o cajado, mas quem sentia o golpe era o demônio. Sobre isto comenta Santa Escolástica, que por duas ocasiões viu que após alguns golpes os espíritos deixavam as pessoas como se tivessem levado uma bruta surra. A pedra que não se movia               Havia ali também a construção uma enorme pedra, que serviu de altar para sacrifícios ao deus pagão Apolo. Tentavam os monges remove-la, mas não conseguiam. Chamaram São Bento, que percebeu que a pedra era segurada por demônios. O Santo ordenou que se retirasse, fez o Sinal da Cruz e os demônios fugiram e a pedra pode ser removia com grande facilidade. Salva da morte São Plácido               Numa certa ocasião aconteceu que um meni

EXAME DE CONSCIÊNCIA PARA JOVENS E ADULTOS

Como se faz o exame de consciência? Faz-se o exame de consciência trazendo à memória os pecados cometidos, a partir da última confissão bem feita.  “Qual é a mulher, que tendo dez dracmas, e perdendo uma, não acende a candeia e não varre a casa e não procura diligentemente até que a encontre? E que, depois de a achar, não convoque as amigas e vizinhas, dizendo: Congratulai-vos comigo, porque encontrei a dracma que pinha perdido?” (Lucas 15, 8-10) A dracma era uma moeda corrente na Judéia. A solicitude da dona de casa, apresentada na parábola do Evangelho a procurar a moeda em todos os ângulos dos quartos e das salas, é um excelente convite à nossa alma. Devemos examinar atentamente nossa consciência antes de nos aproximarmos da santa confissão. Não é possível detestar e confessar um mal sem conhece-lo. Ao passo que, o seu conhecimento, leva-nos à detestação e ao desejo de nos libertarmos dele quanto antes. O exame de consciência é, por conseguinte, a indagação at